Receitas Dieta low carb cardápio Para Secar →【Perca 21 KG!】

Um plano de refeição com baixo teor de carboidratos e cardápio que pode salvar sua vida
Uma dieta baixa em carboidratos é uma dieta que restringe carboidratos, como os encontrados em alimentos açucarados, massas e pão. É rico em proteínas, gordura e vegetais saudáveis.

Existem muitos tipos diferentes de dietas low-carb, e estudos mostram que eles podem causar perda de peso e melhorar a saúde.

Este é um plano de refeição detalhado para uma dieta baixa em carboidratos. Ele explica o que comer, o que evitar e inclui um menu de baixo carboidrato de amostra por uma semana.

Comer Low-Carb – O Básico
Suas escolhas alimentares dependem de algumas coisas, incluindo quão saudável você é, quanto você se exercita e quanto peso você tem a perder.

Considere este plano de refeição como uma diretriz geral, não algo escrito em pedra.

Coma: carne, peixe, ovos, legumes, frutas, nozes, sementes, laticínios ricos em gordura, gorduras, óleos saudáveis ​​e talvez até mesmo alguns tubérculos e grãos sem glúten.

Não coma: Açúcar, HFCS, trigo, óleos de sementes, gorduras trans, “diet” e produtos com baixo teor de gordura e alimentos altamente processados.

Leia também: O que é E-book 101 Receitas Low Carb

Alimentos para Evitar
Você deve evitar esses seis grupos de alimentos e nutrientes, em ordem de importância:

Açúcar: refrigerantes, sucos de frutas, agave, doces, sorvetes e muitos outros produtos que contenham açúcar adicionado.
Grãos refinados: trigo, arroz, cevada e centeio, bem como pão, cereais e massas.
Gorduras trans: Óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados.
Dieta e produtos com baixo teor de gordura: Muitos produtos lácteos, cereais ou biscoitos são reduzidos em gordura, mas contêm açúcar adicionado.


Leia também: Kifina funciona
Alimentos altamente processados: se parece que foi feito em uma fábrica, não o coma.
Legumes ricos em amido : é melhor limitar os vegetais ricos em amido em sua dieta, se você está seguindo uma dieta muito baixa em carboidratos.
Você deve ler listas de ingredientes, mesmo em alimentos rotulados como alimentos saudáveis.

alimentos para evitar uma dieta baixa em carboidratos .

Lista de alimentos com baixo teor de carboidratos – alimentos para comer
Você deve basear sua dieta nesses alimentos reais, não processados ​​e com baixo teor de carboidratos .

Carne: carne bovina, cordeiro, porco, frango e outros; grama alimentado é o melhor.
Peixe: Salmão, truta, arinca e muitos outros; O peixe selvagem é o melhor.
Ovos: Os ovos enriquecidos com ómega 3 ou pastosos são os melhores.
Legumes: Espinafre, brócolis, couve-flor, cenoura e muitos outros.
Frutas: Maçãs, laranjas, pêras, mirtilos, morangos.
Nozes e sementes: Amêndoas, nozes, sementes de girassol, etc.
Laticínios ricos em gordura: queijo, manteiga, creme de leite, iogurte.
Gorduras e óleos: óleo de coco , manteiga, banha, azeite e óleo de peixe.
Se você precisa perder peso, tenha cuidado com queijo e nozes, pois é fácil comer em excesso. Não coma mais que um pedaço de fruta por dia.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Alimentos para incluir talvez
Se você é saudável, ativo e não precisa perder peso, pode comer mais carboidratos.

Tubérculos: Batata, batata doce e alguns outros.
Grãos não refinados: arroz integral, aveia, quinoa e muitos outros.
Legumes: Lentilhas, feijão preto, feijão, etc (se você pode tolerá-los).
Além do mais, você pode ter o seguinte com moderação, se quiser:

Chocolate escuro: escolha marcas orgânicas com pelo menos 70% de cacau.
Vinho: Escolha vinhos secos sem adição de açúcar ou carboidratos.
O chocolate escuro é rico em antioxidantes e pode trazer benefícios à saúde se você o comer com moderação. Entretanto, esteja ciente de que tanto o chocolate amargo quanto o álcool prejudicam seu progresso se você comer / beber demais.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Bebidas
Café
Chá
agua
Bebidas carbonatadas sem açúcar, como água com gás .
Um menu de baixo carboidrato de amostra para uma semana
Este é um menu de amostra para uma semana em um plano de dieta low-carb.

Ele fornece menos de 50 gramas de carboidratos totais por dia. No entanto, se você é saudável e ativo, você pode comer um pouco mais de carboidratos.

Segunda-feira
Café da manhã: Omelete com vários vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Almoço: iogurte de capim com amoras e um punhado de amêndoas.
Jantar: X-Burger servido com legumes e molho de salsa.
terç
Café da manhã: Bacon e ovos.
Almoço: Sobras de hambúrgueres e vegetais da noite anterior.
Jantar: salmão com manteiga e legumes.
Quarta-feira
Café da manhã: Ovos e vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Almoço: Salada de camarão com um pouco de azeite.
Jantar: Frango grelhado com legumes.
Quinta-feira
Café da manhã: Omelete com vários vegetais, fritos em manteiga ou óleo de coco.
Almoço: Batido com leite de coco, frutas vermelhas, amêndoas e proteína em pó.
Jantar: Bife e legumes.
Sexta-feira
Café da manhã: Bacon e ovos.
Almoço: salada de frango com um pouco de azeite.
Jantar: costeletas de porco com legumes.
sábado
Café da manhã: Omelete com vários legumes.
Almoço: iogurte de capim com frutas, flocos de coco e um punhado de nozes.
Jantar: almôndegas com legumes.
domingo
Café da manhã: Bacon e ovos.
Almoço: com leite de coco, uma pitada de creme de leite, proteína em pó com sabor de chocolate e frutas vermelhas.
Jantar: Asas de frango grelhado com alguns espinafres crus ao lado.
Inclua muitos vegetais com baixo teor de carboidratos em sua dieta. Se seu objetivo é permanecer abaixo de 50 gramas de carboidratos por dia, há espaço para muitos vegetais e uma fruta por dia.

Se você quiser ver mais exemplos de refeições, 7 refeições saudáveis ​​com pouco carboidrato em menos de 10 minutos .

Novamente, se você é saudável, magro e ativo, você pode adicionar alguns tubérculos como batata e batata doce, bem como alguns grãos saudáveis ​​como aveia.

Petiscos saudáveis ​​e com baixo teor de carboidratos
Não há motivos de saúde para comer mais de três refeições por dia, mas se você ficar com fome entre as refeições, aqui estão alguns lanches saudáveis, fáceis de preparar e com baixo teor de carboidratos que podem te encher:

Um pedaço de fruta
Iogurte desnatado
Um ou dois ovos cozidos
Mini Cenouras
Sobras da noite anterior
Um punhado de nozes
Um pouco de queijo e carne
Comer em restaurantes
Na maioria dos restaurantes, é relativamente fácil preparar suas refeições com pouco carboidrato.

Encomende um prato principal à base de carne ou peixe.
Beba água pura em vez de refrigerante açucarado ou suco de frutas.
Obter legumes extra em vez de pão, batatas ou arroz.
Uma lista simples de compras com baixo teor de carboidratos
Uma boa regra é fazer compras no perímetro da loja, onde é mais provável encontrar alimentos inteiros.

Concentrando-se em alimentos integrais fará sua dieta mil vezes melhor do que a dieta ocidental padrão.

Alimentos orgânicos e alimentados com capim também são escolhas populares e muitas vezes considerados mais saudáveis, mas são tipicamente mais caros.

Tente escolher a opção menos processada que ainda se encaixa na sua faixa de preço.

Carne (carne de vaca, cordeiro, porco, frango, bacon)
Peixe (peixe gordo como salmão é o melhor)
Ovos (escolha omega-3 ovos enriquecidos ou pastosos, se puder)
manteiga
Óleo de côco
Banha
Azeite
Queijo
Creme de leite
Nata
Iogurte (gordo, sem açúcar)
Mirtilos (frescos ou congelados)
Nozes
Azeitonas
Legumes frescos (verduras, pimentões, cebolas, etc.)
Legumes congelados (brócolis, cenoura, várias misturas)
Condimentos (sal marinho, pimenta, alho, mostarda, etc.)
Limpe sua despensa de todas as tentações insalubres, se possível, como batatas fritas, doces, sorvetes, refrigerantes, sucos, pães, cereais e ingredientes de panificação, como farinha refinada e açúcar.

Dietas de baixo carboidrato restringem carboidratos, como aqueles encontrados em alimentos açucarados e processados, massas e pão. Eles são ricos em proteínas, gorduras e vegetais saudáveis.

Estudos mostram que eles podem causar perda de peso e melhorar a saúde.

O plano de refeições acima dá-lhe as noções básicas de uma alimentação saudável e com poucos carboidratos.

Jejum Intermitente para Emagrecer

Para quem está sempre pesquisando sobre novas fórmulas e dietas incríveis para emagrecer rápido e com saúde, provavelmente já conhece ou ouviu falar em algum momento sobre o Jejum Intermitente, não é mesmo?

Esse “novo” método emagrecedor, na verdade não é tão novo assim, pois já é praticado por milhares de pessoas ao longo dos anos.

O que acontece agora, é que existem alguns famosos que adotaram essa prática, e conseguiram mostrar um ótimo resultado ao emagrecer de um modo rápido e manter a sua saúde na melhor forma.

Você vai descobrir ao longo desse artigo, que o Jejum Intermitente não é uma simples ou mais um modo de fazer dieta, como algumas pessoas podem pensar.

Na verdade, é um método comprovado de emagrecimento, além de ser um estilo de vida.

Com esse jejum, você não vai escolher a quantidade de calorias que irá ingerir, por exemplo, na verdade irá educar o seu organismo a comer apenas nos horários corretos – e quando for necessário.

Evitando comer alimentos que prejudicam a saúde e em horários impróprios, como, por exemplo, de madrugada, ou mesmo ao longo do dia sem equilíbrio na alimentação.

Conteúdo
O que é Jejum Intermitente?
Dieta do Jejum Intermitente: como funciona
O que beber durante o Jejum Intermitente
Quem não deve fazer a dieta do Jejum Intermitente
Como fazer Jejum Intermitente passo a passo
É possível emagrecer fazendo Jejum Intermitente?
Quais são os benefícios do Jejum Intermitente
Cardápio Jejum Intermitente para Iniciantes
Jejum Intermitente e dieta Low Carb
O QUE É JEJUM INTERMITENTE?
Esse método de emagrecimento acelerado, conhecido como Jejum Intermitente, é uma prática alimentar que consegue alterar a rotina de modo que seja possível adquirir novos hábitos para ingerir os alimentos necessários.

Além disso, ele ainda proporcionar a queima da gordura localizada, fazendo com que a pessoa consiga emagrecer sem perder as suas forças e nem mesmo a sua saúde.

São vários os benefícios que esse jejum pode trazer para a vida de quem deseja praticar.

E uma das melhores partes é que estamos falando aqui na verdade de uma filosofia alimentar, e não uma simples dieta que você deverá seguir.

Além de conseguir emagrecer com saúde, adotando essa filosofia, é possível educar o organismo a ingerir os alimentos nos momentos certos e que são mais adequados.

É bem possível que você já tenha ouvido falar, e até mesmo cumpra a regra de ‘’comer a cada três horas’’.

Pois bem, essa prática não será realizada com o Jejum Intermitente, e é bom que você saiba que isso não ajuda a emagrecer, pelo contrário, você vai continuar com o mesmo peso – ou ainda, até engordar um pouco mais.

Com o Jejum Intermitente, é necessário ficar um determinado período sem se alimentar, podendo ser de 8 a 36 horas.

Mas não se preocupe, pois com a prática feita do modo correto, você vai começar a educar o seu corpo a comer apenas nos horários certos e quando tiver fome.

Sem dúvida, é um método excelente para as pessoas que gostam de comer uma bolachinha ou um salgadinho ao longo do dia.

DIETA DO JEJUM INTERMITENTE: COMO FUNCIONA
Para quem tem certa dificuldade em fazer as famosas dietas, que possuem restrições de diversos alimentos, além de ingerir uma quantidade de calorias por dia, vai ficar feliz e ainda mais interessado (a) quando começar a estudar sobre este modo de jejum.

Com o JI (Jejum Intermitente), a pessoa pode comer o que quiser ao longo do período da sua janela alimentar, e ainda conseguir emagrecer.

Aqui vale ressaltar um ponto importante: se você deseja emagrecer, é claro que tem que cuidar da sua alimentação, mesmo com a prática do JI.

O que facilita com o jejum, é que você pode comer sem seguir uma dieta rígida, mas com os cuidados necessários para facilitar o processo de emagrecimento.

Enquanto durar o seu período de jejum, é necessário seguir certinho as indicações e realmente não comer nada.

O QUE BEBER DURANTE O JEJUM INTERMITENTE
Para não se sentir mal ao longo desse período, e nem deixar o seu organismo sem receber nutrientes, é possível (e necessário) tomar bastante líquido.

Água, café e chá estão liberados para você tomar à vontade, mas não devem ser consumidos com açúcar.

O mais importante aqui é manter o corpo hidratado, então quanto mais água, melhor. Chá e café são apenas opções para diversificar.

QUEM NÃO DEVE FAZER A DIETA DO JEJUM INTERMITENTE
É importante observar apenas que existem pessoas que não devem realizar a prática do Jejum Intermitente, para que não sejam ocasionados problemas para a sua saúde. Logo, grávidas, crianças e idosos devem evitar o jejum.

Esse grupo de pessoas geralmente necessita ingerir uma certa quantidade de nutrientes ao longo de sua rotina para que seja possível manter o nível de desenvolvimento dentro do esperado.

Se ainda assim deseja realizar esse método de emagrecimento para iniciar uma vida mais saudável, o mais indicado é conversar com um médico especialista para que ele indique o melhor caminho e, quem sabe, até o protocolo de JI, que pode ser adotado para esses casos.

COMO FAZER JEJUM INTERMITENTE PASSO A PASSO

Com o jejum, nós temos o que é conhecido como protocolo. Os ‘’protocolos’’ podem ser de 8 a 36 horas, que serão os períodos de jejum, intercalados com os períodos de janela alimentar.

Se uma pessoa escolher, por exemplo, fazer um jejum de 8 horas, ela terá 16 horas de janela alimentar, para então completar as 24 horas do dia.

Este protocolo é o mais indicado, para as pessoas que estão conhecendo e querendo iniciar este novo modo de vida.

Ao longo dos dias, conforme a pessoa for se sentindo melhor se acostumando a comer somente nos horários corretos (e apenas quando tiver fome), é possível aumentar para 14h, 16h, 18h e por assim em diante.

É POSSÍVEL EMAGRECER FAZENDO JEJUM INTERMITENTE?
Talvez a sua maior dúvida seja como iniciar o Jejum Intermitente, e como começar a ter resultados incríveis, a exemplo dos famosos e de pessoas próximas a você que já tiveram uma excelente experiência com o jejum.

Como explicado acima, será necessário escolher um período para se alimentar (protocolo), e um outro período para manter o jejum. Então, você precisa manter o ritmo necessário para que seja possível começar a emagrecer.

E aqui talvez esteja a maior dúvida de muitas pessoas: como é que eu vou emagrecer fazendo jejum? É muito simples, e nós vamos explicar para você.

O nosso organismo necessita de calorias ou açúcar para que seja possível transformar essas substâncias em energia, e assim facilitar a realização de diversas atividades.

Isso vale para ações mais simples, como levantar uma mão, até as mais complexas e exigentes, como levantar muito peso, fazer exercícios puxados e até mesmo exercitar o cérebro, seja por um longo ou curto período. Sim, isso também é um exercício.

Pois bem, o que irá acontecer com o nosso organismo é que, durante o período de jejum, o corpo não vai receber novos alimentos para que seja possível transformar em energia.

Então, será necessário usar o que ele tem, e é nesse ponto que muitos querem chegar, pois o organismo começa a utilizar a gordura localizada para proporcionar energia, ocasionando a queima e eliminação dessa gordura.

Quando uma pessoa come, a energia será retirada desse alimento, o que em muitos casos não promove a queima de gordura. A pessoa acaba ficando estagnada em seu peso ou ainda engordando. Com a prática correta e diária do jejum, você só irá emagrecer.

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DO JEJUM INTERMITENTE

Em pouco tempo é possível perceber que o Jejum Intermitente traz apenas benefícios para a vida das pessoas, e claro, quando é realizado do modo correto.
Por isso, uma das etapas mais importantes é seguir corretamente o protocolo adotado, assim como manter o organismo bem hidratado, para conseguir alcançar os resultados desejados.

O JI vai muito além de reduzir a gordura corporal. Com esta prática natural, é possível melhorar a saúde em várias esferas, como por exemplo, reduzir a resistência à insulina.

Além disso, a pessoa também consegue baixar de 3 a 6% os níveis de insulina, conseguindo se proteger da diabetes tipo 2.

Outros níveis que serão diminuídos com esta prática são as triglicérides, inflamação e glicose. Níveis específicos que, quando estão muito acima da média, podem proporcionar doenças para o coração.

É possível ainda aumentar a disposição para realizar as mais diversas atividades ao longo do dia, além de proporcionar também a longevidade.

Com o jejum, automaticamente a pessoa se priva de diversos alimentos ruins que podem trazer doenças e favorecer o envelhecimento.

Cortando o consumo desses alimentos, não restam dúvidas de que a sua saúde irá melhorar de modo considerável.

Até mesmo a sua autoestima irá voltar a ficar alta, e isso se deve especialmente ao fato de conseguir diminuir uns números na balança, e logo, o número do manequim.

Com isso, a pessoa geralmente se sente mais bonita, mais alegre, com um brilho diferente e sempre com o desejo de se arrumar e estar bem consigo mesma.

Além de conseguir emagrecer e melhorar a qualidade de vida, o melhor do Jejum Intermitente é que ele é completamente natural e não causa nenhum tipo de risco para a saúde – e ainda por cima é totalmente gratuito.

Você vai economizar e ter uma ótima saúde em pouco tempo. Não tem como querer coisa melhor, não é mesmo?

Outros benefícios do jejum são:

Redução do estresse;
Sensação de saciedade;
Reduz a pressão arterial;
Promove o metabolismo acelerado;
Melhora o sistema imunológico;
Melhora do funcionamento cardíaco;
Bem estar espiritual e físico;
Economia com alimentos.
CARDÁPIO JEJUM INTERMITENTE PARA INICIANTES

Para que o jejum dê certo para você, é necessário além de seguir os protocolos do modo indicado, estabelecer um cardápio saudável para alcançar os resultados desejados.

Um ponto que vale aqui ser comentado é que é necessário respeitar o seu organismo.

No caso do Jejum Intermitente para iniciantes, o mais indicado é que se inicie com um protocolo de 8 ou 10 horas.

Esse geralmente é o período em que as pessoas já ficam sem comer, seja o período de trabalho ou de sono, então o corpo já está acostumado.

O que será necessário é apenas começar a ingerir alimentos saudáveis e estabelecer a rotina de horários.

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

Se uma pessoa iniciante na arte do jejum decide começar com 24 horas de jejum, por exemplo, pode acontecer de ela sentir fraqueza, dores de cabeça, cansaço e outros sintomas de quem não tem uma alimentação saudável, pois o organismo não está acostumado a ficar tanto tempo sem receber nutrientes.

Leia também: Jejum Intermitente funciona

Durante o jejum, como já foi comentado, o consumo de líquidos – sem adição de açúcar – está liberado, e deve ser feito para manter o corpo hidratado.

Leia também: Kifina reclame aqui

Para os praticantes do JI, o ideal é ter um cardápio que seja preparado com a utilização de verduras, legumes, carnes e ovos.

O mais indicado especialmente para quebrar o período de jejum e iniciar a janela alimentar é ingerir proteínas, como ovo, frango e até mesmo batata doce.

Leia também: Phytophen reclame aqui

O consumo desses alimentos logo após o período de jejum auxilia a trazer os nutrientes necessários para o corpo. Desse modo, você pode ficar tranquilo (a) e despreocupado (a), pois não terá problema algum de realizar o jejum.

JEJUM INTERMITENTE E DIETA LOW CARB
Geralmente, o que os adeptos do jejum fazem é aliar os conhecimentos dessa prática com uma dieta Low Carb. Essa dieta procura restringir ao máximo o consumo de carboidratos.

Aliar esses dois conhecimentos e colocar em prática no seu cardápio pode trazer ainda melhores resultados, além de conseguir proporcionar uma dieta saudável que poderá prolongar os seus dias de vida.

O fato de evitar o carboidrato favorece diretamente no emagrecimento, especialmente porque os alimentos que possuem grande quantidade de carboidrato favorecem diretamente no processo de inflamação do organismo, o que acaba ocasionando o ganho de peso – e aumento no tamanho das roupas.

O Jejum Intermitente ajuda a perder peso, isso nós já descobrirmos. Mas para auxiliar no processo, é muito importante manter uma rotina de exercícios físicos além de um cardápio saudável, evitando frituras e o alto consumo de carboidratos.

Adotar práticas saudáveis como estas irão auxiliar na perda de peso, e a garantir uma vida mais saudável.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o Jejum Intermitente, seus benefícios e como deve ser feito, é só se programar para iniciar e ver as maravilhas que essa prática poderá trazer para a sua vida.

Conheça 3 remédios caseiros para emagrecer

Vocês já estão cansados de ver ou ouvir vários tipos de dietas milagrosas, de alguns remédios que fazem milagre do dia pra noite, seja em comerciais na tv ou pelas propagandas da internet, mas quando você usa de verdade o produto ele não tem o mesmo efeito que o desejado, não é mesmo?

Pensando nisso, adotamos a aqueles remedinhos que a nossas avós e indígenas faziam, os remédios caseiros fazem o mesmo efeito que um de farmácia, ou até melhor. Se você é daqueles que gostam de coisas práticas e naturais, você está no lugar certo! Além de ajudar a emagrecer, é gostoso (sim! não é igual aos remédios amargos) e muito nutritivo por sinal.

Um ótimo remédio caseiro para emagrecer é o chá verde, mas existem também outras opções como o suco de tomate e o chá de chapéu-de-couro. Confira nossos três remédios caseiros para emagrecer.

Leia também: Remédios caseiros para emagrecer Anvisa

1# Remédio caseiro para emagrecer com chá verde
Um excelente remédio caseiro para emagrecer é o chá verde, porque ele é rico em cafeína, o que ajuda a aumentar o metabolismo do organismo.

Leia também: Farinha seca barriga é bom

Ingredientes

1 sachê de chá verde
1 xícara de água fervente
Modo de preparo

Adicione o sachê do chá verde na xícara de água fervente e deixe repousar por 3 minutos. A seguir, descarte o sachê e beba o chá logo após o seu preparo. Tome cerca de 2 litros deste chá por dia, como substituto da água.

Leia também: Kifina é bom

2# Remédio caseiro para emagrecer com tomate
Um bom remédio caseiro para emagrecer é o suco de tomate, porque ele ajuda a vencer a vontade de comer doces.

Leia também: Phytophen é bom

Ingredientes

5 tomates
Modo de preparo

Passe os 5 tomates pela centrífuga ou bata no liquidificador com um pouquinho de água, e beba a seguir. Tome 250 ml do suco de tomate, em jejum, todos os dias.

3# Remédio caseiro para emagrecer com chapéu-de-couro
Um bom remédio caseiro para emagrecer é o chá de chapéu-de-couro porque ele possui propriedades diuréticas que ajudam a eliminar o excesso de líquidos do organismo.

Ingredientes

20 g de chapéu-de-couro
1 litro de água
Modo de preparo

Junte os ingredientes numa panela e deixe ferver por 5 minutos. Tape, deixe esfriar e, a seguir, coe. Tome este chá ao longo do dia.

Detalhe: Estes remédios caseiros para emagrecer são úteis mas não dispensam a necessidade de uma alimentação hipocalórica e da prática regular de exercícios físicos. Não adianta você pensar que o remédio irá fazer todo o milagre, antes de você querer que as mudanças venham com o remédio é necessário um pouco de esforço, então, mãos a obra!

10 CHÁS DIURÉTICOS E QUE AJUDAM A EMAGRECER

Inchaço, retenção hídrica, excesso de peso. Os chás de ervas podem ser considerados uma boa ajuda, natural e válida, para a melhorar a forma física, ainda mais se acompanhados por atividade física regular e uma dieta equilibrada, rica em frutas e legumes da estação.

Você pode recorrer à alguns chás de ervas com efeito diurético e emagrecedor, compostos por ervas específicas. Nós mencionamos aqui algumas deles, lembrando que você deve contatar um profissional de confiança para indicar as melhores ervas e saber a quantidade de chá a ser tomada com base em sua condição particular de saúde.

Vejamos alguns chás bons como diuréticos e que por isso, ajudam a emagrecer

Índice
Chá de dente-de-leão
Chá verde
Chá de erva-doce
Chá de malva
Chá de borragem
Chá de Hibisco
Chá de gengibre
Chá de canela
Chá de cavalinha
Chá de salsinha

1. Chá de dente-de-leão

Leia também: comprar Kifina

O dente-de-leão é uma das ervas com propriedades diuréticas mais pronunciadas. Para a preparação do chá de dente-de-leão é preciso usar um punhado da planta seca (melhor se comprada porque da rua pode ser contaminada) e deixar em infusão em uma xícara d’água quente por uns bons minutos antes de coar e beber.

2. Chá verde

O bem conhecido chá verde tem inesperadas propriedades diuréticas. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, o chá verde pode ser considerado um diurético seguro. Propriedades adstringentes e emagrecedoras também são atribuídas a ele. Utilize um bom chá verde, de qualidade, de preferência orgânico, que pode ser facilmente comprado em lojas de produtos naturais, supermercados e mercados, a granel ou em saquinhos.

Leia também: o que é Kombucha

3. Chá de erva-doce
Um chá tanto diurético quanto emagrecedor pode ser feito utilizando 1 colher de chá de erva-doce em 1 xícara de água. Quando a água ferver, adicione a erva-doce, desligue o fogo, tampe, deixe repousar, coe e beba.

Leia também: Phytophen funciona

4. Chá de malva
Um chá de ervas com efeito diurético, além de purificar o corpo e desinfetar o trato urinário, pode ser preparado com folhas secas e picadas de malva. O chá pode ser preparado colocando 2 colheres de chá de folhas de malva em 1 xícara de água, deixando a infusão descansar por 10 minutos antes de coar e beber. Para 1 litro de água, use 30 gramas de flores de malva na preparação de infusões e decocções.

5. Chá de borragem
Se a dificuldade em emagrecer ou se a retenção hídrica se der por problemas de circulação, que podem causar inchaço, especialmente nos membros inferiores, é possível recorrer a um chá de ervas para preparar na forma de decocção. 10 gramas de borragem devem ser fervidas em 1 litro de água por 5 minutos. O consumo deste chá é recomendado especialmente à noite (1 xícara antes de dormir), no caso de pernas e tornozelos inchados.

6. Chá de Hibisco

É um chá bom para a circulação sanguínea, é digestivo e tem propriedades emagrecedoras e diuréticas, de redução do colesterol ruim, além de ser anti-inflamatório, antibacteriano e atuar inclusive como antidepressivo. Veja aqui todos os benefícios do chá de hibisco, além da receita em como prepará-lo.

7. Chá de gengibre
O gengibre é conhecido por sua ação digestiva, além disso é um tgemogenico que ajuda a ativar o metabolismo do copro ajudando a emagrecer. Veja aqui 10 Receitas de chá de gengibre: quente e gelado.

8. Chá de canela
A canela tem muitos benefícios comprovados, entre estes, o de regular o açúcar no sangue o que pode ser interessante no processo de emagrecimento. Para fazer o chá de canela use 1 g canela em pau para cada xícara de água (200 ml). Deixe a canela em infusão por 10 minutos em água quente antes de beber.

9. Chá de cavalinha
A cavalinha é um ótimo diurético, ajuda a reduzir a pressão arterial e o inchaço proveniente da retenção hídrica. Para fazer o chá, ferva por no máximo 10 minutos, um punhado de cavalinha seca para cada litro de água.

10. Chá de salsinha

Entre os vários benefícios da salsinha para a saúde, esta planta aromática tão usada por nós, é um diurético natural que favorece a saúde dos rins e da bexiga. Um chá de salsinha vai fazer o seu papel de combatente do inchaço causado por retenção hídrica e ajudar a emagrecer se for este o problema da sensação de “cheio”. Para fazer o chá, use 1 colher de salsinha picada em um litro de água fervente. Deixe descansar por 5 minutos, coe e beba.

O poder das fibras: elas potencializam o emagrecimento saudável!

Já ouviu falar no poder das fibras? Além de melhorarem o funcionamento do organismo, elas auxiliam na perda de peso!

Leia também: Dietas de emergência

Por Juliana Borges – 31/07/2018Foto: Shutterstock.com
Elas passam no organismo praticamente sem serem absorvidas. Então, por que essa substância é tão indispensável para a saúde e garante resultados positivos na balança? Explicamos todo o poder das fibras abaixo para você incluí-las agora mesmo no cardápio diário!

O poder das fibras:
Controla o diabetes
As fibras retardam a velocidade da digestão de carboidratos, tornando a absorção da glicose mais lenta pelo sangue e, com isso, reduz os picos de insulina. Ao entrar em contato com a água, as fibras também formam uma proteção em torno da comida e dificultam a absorção do açúcar, descartando-o no processo de digestão.

Leia também: comprar Kifina

Leia também: Phytophen é bom

Regula o intestino
Tanto as fibras solúveis quanto as insolúveis possuem importante papel na atividade intestinal. A primeira capta água e provoca reações de fermentação, estimulando o crescimento de bactérias benéficas, que melhoram o funcionamento do órgão, garantindo a frequência de evacuações. A segunda se liga à água e aumenta o bolo fecal, facilitando a sua eliminação e, consequentemente, previne a constipação.

Aumenta a saciedade
Em contato com a água do estômago, as fibras solúveis se transformam em um gel, ajudando quem quer emagrecer por garantir saciedade e, claro, evitando os exageros durante a refeição. Elas também tornam a digestão mais lenta, mantendo a fome controlada por mais tempo.

Aumenta a imunidade
É o intestino responsável por produzir anticorpos, que protegem o corpo de infecções. As fibras alimentam as bactérias benéficas que vivem neste órgão, equilibrando a flora intestinal e, consequentemente, aumentando as defesas do organismo.

Diminui o colesterol
As fibras solúveis formam uma espécie de gel que captura parte da gordura dos alimentos e altera a absorção do mau colesterol (LDL). Além disso, a fermentação das fibras no intestino produz componentes como ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que reduzem a síntese de colesterol no fígado. Já as fibras insolúveis se ligam a sais biliares e também contribuem para a redução da absorção de parte de gorduras e do colesterol.

Sexualidade: problemas masculinos, problemas femininos

Falta de desejo, disfunção erétil ou ejaculação precoce … Os problemas sexuais não pode ser reduzida a uma disfunção física para os homens e para as mulheres relacional diz colunista de “The Morning of the World”.

Dado um contexto tão favorável, um terço dos que ficaram para trás são muitos. Parece que temos um grande problema sexual e até muitos. Quais são eles, e quando fica preso, onde arranhar 68% dos franceses estão satisfeitos com sua vida sexual (IFOP, 2013). Do lado positivo, essa porcentagem deixa apenas 22% de pessoas insatisfeitas no chão, além de 10% de espíritos puros que não têm vida sexual. Pode-se, no entanto, ver o copo meio vazio: não estamos no terceiro milênio, tempo de todos os prazeres, de todas as exigências visuais? Nunca compartilhamos tão facilmente nossa técnica erótica, sempre renovamos ferramentas para nos tornar desejáveis, estamos atolados em estratégias para encontrar parceiros adultos e vacinados,

Na Inglaterra, um estudo recente de 5.000 pessoas mostra que um terço dos pesquisados ​​teve problemas sexuais. Seus contatos especializados (sexólogos, terapeutas) relatam um aumento na disfunção física (+ 24%) e preocupações relacionadas ao consumo de pornografia (+ 47%) – embora seja impossível dizer se é o número de complicações que estão crescendo, ou apenas a facilidade com que um especialista é consultado.

Quem são os grandes desgraçados? Bastante homens que mulheres, e não surpreendentemente, pessoas bastante doentes e pais – especialmente pais de adolescentes. As mulheres se queixam principalmente de intimidade emocional e falta de comunicação (84% e 75% de prevalência, respectivamente). Muito atrás vêm fadiga (31%), traumas passados ​​(25%), falta de interesse (23%), complexos, estresse. É necessário esperar que as profundidades da classificação encontrem elementos técnicos: o desconhecimento do corpo e o que lhe dá prazer (3,4%), a disfunção sexual (1,9%). Para simplificar, os problemas das mulheres estão primeiro no relacionamento, depois na cabeça, depois apenas marginalmente no corpo.

Marte e Vênus?

Nos homens, a distribuição da insatisfação é muito menos clara. A falta de comunicação entre os parceiros vem em primeiro lugar, quase a par com o estresse. Eles são citados por dois terços dos terapeutas. A disfunção sexual ocupa a terceira posição (44%): falamos principalmente de problemas eréteis (que dizem respeito a um terço dos franceses com mais de 40 anos, segundo um estudo publicado na European Urology em 2002) e ejaculações prematuras (como lembrete, considerado como gozo precoce descontrolado que ocorre geralmente ou sempre menos de um minuto após o início do relatório, mesmo que a polícia e os manifestantes nem sempre concordem com a definição exata).

Segundo a Associação Francesa de Urologia, um décimo dos homens experimenta repetidamente essas ejaculações rápidas, e dois terços ocasionalmente. A falta de intimidade emocional (38%) e fadiga (31%) segue no ranking de aborrecimentos masculinos, enquanto a técnica sexual ruim é citada por apenas 13% dos especialistas. No fundo das gavetas das prioridades masculinas, encontramos a má imagem do corpo, mencionada por apenas 1% dos especialistas.

E se você precisar aumentar seu pênis conheça o estimulante chamado Tauron.

Estes números britânicos atravessam as nossas prioridades nacionais: quando o IFOP pede aos franceses que expliquem os fundamentos necessários para uma vida sexual agradável, é de uma forma esmagadora o bom entendimento entre os parceiros que ocupam o topo da pirâmide das respostas (85). % de respondentes). A boa ereção e duração da relação sexual são mencionadas por menos de 10% dos entrevistados – muito aquém do desejo (73%) e da atmosfera (17%). Isso corrobora o senso comum quando diz que “o maior órgão sexual é o cérebro”. Ou em sua variante especista: “Nós não somos animais de qualquer maneira. “

Questionados sobre seus problemas sexuais, os franceses colocam a falta de desejo e as dificuldades para atingir o orgasmo em primeiro lugar (60% das pessoas envolvidas), diante da disfunção erétil (47%) e da ejaculação (38%). %). 
Voltando agora às nossas questões de gênero: podemos desenhar tiros no cometa e dizer que, estatisticamente falando, os homens se concentram em suas deficiências físicas, enquanto as mulheres deploram especialmente os problemas de relacionamento? Eles olhavam para o dedo mindinho enquanto se preocupavam com sentimentos? Marte e Vênus, ainda no horizonte? Tal classificação seria de fato um pouco fácil.

10 Incriveis Cremes Anti celulite Bons e Baratos

A celulite está afetando sua autoestima ? Não se apavore! Conheça os melhores cremes para celulite existentes no mercado e comece, agora mesmo, a reduzir os terríveis furinhos na pele.

Leia também: Skin renov bula

A celulite é uma das coisas que mais preocupam as mulheres, pois, além de não possuir um aspecto nada legal, ela ainda é indicio de que certamente há uma gordurinha localizada por ali. Existem vários tipos de cremes no mercado para trata-las.

Geralmente esses cremes são à base de cafeína pois, ela é uma forte aliada no combate as celulites. Inclusive já publicamos aqui um Tratamento contra celulite à base de Café.

Nesta matéria, você vai conhecer os melhores cremes para celulite existentes no mercado. Tome Nota!

Primeiramente vamos entender o que é a celulite
São caracterizadas por pequenos furinhos na pele, com o famoso aspecto “casca de laranja”. Na área médica é mais conhecida como Lipodistrofia Ginóide, uma infecção bacteriana logo abaixo da epiderme (subcutâneo).

O que acontece é que as células se enchem de gorduras, água e toxinas fazendo com que elas fiquem duras, e então, estão formadas as famosas ondulações na pele conhecidas como celulite.

Estão relacionadas com o hormônio feminino mais conhecido como estrogênio, por isso elas aparecem onde o estrogênio está sob influencia no corpo feminino:

braços
seios
coxas
nádegas
Tem como causas principais o sedentarismo, uma má alimentação, problemas circulatórios, falta de exercício físico, e principalmente causas genéticas.

Apesar de nós mulheres ficarmos extremamente desconfortáveis com a celulite, estas não possuem risco para saúde de ninguém.

Veja Também:

Como tratar a celulite de acordo com a idade

Os 5 melhores exercícios para eliminar a celulite do bumbum

9 dicas para eliminar a celulite

Como agem os cremes para celulite
Primeiramente você deve se atentar para o fato de que os cremes não fazem milagres! Isso mesmo, não fazem milagres! Portanto você também deverá fazer sua parte, começando por uma dieta saudável e equilibrada além de uma rotina de exercícios físicos pelo menos 3 vezes na semana.

Hoje em dia existem vários tipos e marcas de cremes por aí, você deverá testá-los até perceber qual se adapta melhor à sua pele.

Os cremes agem:
Fortalecendo a parede dos vasos sanguíneos.
Estimulando o esvaziamento dos depósitos de gordura e toxinas estocadas no corpo, drenando as toxinas liberadas.
Evita que o líquido drenado não seja novamente reabsorvido pelo organismo.
Contendo ativos como o retinol que atua melhorando o aspecto da pele.
As elaborações desses tipos de cremes não são tão simples como muitos pensam, além de atuarem de todas essas formas acima citadas, ainda devem ter uma absorção rápida. E claro, precisa ter aquele cheirinho todo especial, afinal, além de bonita queremos ficar sempre cheirosas, não é mesmo?

Leia também: comprar Creme firmador

Veja Também:

Exercícios de 20 minutos para reduzir a celulite

10 dicas para se livrar da celulite nas coxas

5 Exercícios Para Reduzir Celulite E Queimar Gorduras das Coxas e Bumbum

Conheça agora os melhores cremes para celulite

1. Body Active (O Boticário)
Sua fórmula promete quebrar os adipócitos presentes nas células, melhorando visivelmente o aspecto.

2. Perfect Slim Dia (L’Oreal)
Sua fórmula promete conter lipo-redutores que atuam na queima dos ácidos graxos transformando-os em energia para o corpo. Atuam também inibindo a transformação dos açúcares em gorduras no organismo, favorecendo assim a diminuição das celulites no organismo.

3. Cellu-Sculp (Avon)
Além de hidratar e fortalecer a pele., atua no aumento da circulação sanguínea da pele ativando assim a drenagem linfática.

4. Bye, Bye Celulite (Nívea)
É considerado um dos melhores cremes para celulite pois, atua diretamente nos adipócitos presentes no organismo, aumentando a firmeza e elasticidade da pele. Sua fórmula promete diminuir o aparecimento de novas celulites.

5. Bio V Vegetal Intensive Body Slim (Vitaderm)
Este creme atua duplamente, durante o dia atua estimulando a queima de gordura e à noite atua prevenindo o aparecimento de novos adipócitos.

6. Cellu Reverse (Elancyl)
O Cellu Reverse é considerado um dos melhores cremes para celulite pois sua fórmula atua favorecendo a firmeza da pele, também atua impedindo novos armazenamentos de adipócitos. Está indicado para reduzir a gordura abdominal.

7. Celludestok (Vichy)
O Celludestok é considerado um dos melhores cremes para celulite por atuar suavizando a pele quebrando a gordura no subcutâneo

8. Celluli Laser Slim Code (Biotherm)
Atua dificultando o acúmulo de novos adipócitos no subcutâneo, contém uma enzima chamada AMPK que acelera a queima de gordura pelo organismo.

9. Gel Aticelulite Amêndoa (L’Occitaine)
Atua desinflamando os tecidos por conter em sua substância flavonoides. É feito de amêndoas, isso ajuda a hidratar e deixar sua pele lisa e uniforme.

10. Gel Redutor de Celulite com DMAE (Bio- Médicin)
É considerado um dos melhores cremes para celulite pois contém em sua substância o dimetilaminofenol mais conhecido como DMAE, este creme tem sido usado como alternativa ao botox. Promete uma pele lisa e uniforme combatendo a celulite e também a gordura localizada.

Causas da disfunção erétil e impotência

O fato de que a impotência masculina ainda é um tabu para muitos homens encoraja a desinformação. Muitos acreditam que este é um distúrbio de ereção relacionado à idade e não pode ser evitado. Na realidade, as causas de um problema erétil são múltiplas (físicas e psicológicas). E eles podem ser perfeitamente tratados. O primeiro passo, no entanto, é determinar a origem, a fim de identificar um tratamento eficaz.

No entanto, não acredite que a causa de sua disfunção erétil seja orgânica ou mental. Na verdade, esses fatores de risco se somam e, às vezes, é necessário um gerenciamento complexo e completo. A comunicação com o seu parceiro e a ajuda de um especialista serão complementares.

Neste artigo, apresentamos as possíveis causas de um distúrbio de ereção. Mas para um diagnóstico preciso, comece discutindo com seu médico.

Causas físicas

Seu distúrbio de ereção pode ter uma causa orgânica. Seja hormonal, medicamentosa ou neurológica, eles exigirão atenção especial. E um tratamento direcionado.

Causas vasculares

Para ter uma boa ereção , seu pênis deve ser irrigado com sangue. Então, se você tem um problema em suas artérias, você pode sofrer de impotência . Sua disfunção erétil pode ser causada pela aterosclerose (que vai engrossar e endurecer suas artérias).

Mas também por pressão alta ou diabetes (especialmente tipo 2).

De fato, muitos estudos mostraram que a hipertensão é a principal causa de disfunção erétil em homens com mais de 65 anos de idade. Tenha cuidado para não comer muito sal e para controlar seu peso e consumo de álcool.

Para ler também: O estimulante sexual masculino Tauron funciona?

Causas hormonais

Se você tem DALA (para o déficit de andrógeno relacionado à idade), você pode ter níveis de testosterona que são muito baixos para suportar uma ereção normal. Esta deficiência também pode causar uma diminuição na sua libido, músculo e atrofia óssea. Mas também mudanças de humor e fadiga que contribuirão para seus problemas de ereção.

Causas neurológicas

Alguns distúrbios neurológicos também podem explicar que você vai sofrer de impotência. Este é particularmente o caso de condições como esclerose múltipla, acidente vascular cerebral ou lesão medular. Cirurgia, especialmente a próstata também pode atingir os nervos do seu pênis. E, portanto, causar disfunção erétil.

Causas de drogas

Alguns tratamentos médicos também podem causar um distúrbio de ereção. Este é particularmente o caso dos tratamentos contra a hipertensão (e, em particular, os beta-bloqueadores). Mas também tratamentos hormonais ou antidepressivos e ansiolíticos.

Colesterol

O colesterol também pode explicar que você tem problemas de ereção. Ao bloquear suas artérias (gordura), impedirá que o sangue circule adequadamente para o seu sexo. Portanto, tenha cuidado com seus hábitos alimentares e estilo de vida muito sedentário. Mas também ao consumo excessivo de álcool e tabaco.

Diabetes

Diabetes é uma doença crônica que pode alterar significativamente o fluxo do sangue. E, portanto, impedir que você tenha uma ereção ou bandagem macia . Ao danificar seus nervos, o diabetes também pode impedir a transmissão de sinais de prazer para o cérebro. Como resultado, mais da metade dos homens com diabetes (especialmente tipo 2) sofrem de disfunção erétil. E isso, mesmo em uma idade muito jovem (a partir de 15 anos).

Como fazer amor com um homem e deixá-lo louco!

Expanda todas as suas zonas erógenas!

Nós não sentimos prazer da mesma maneira. A excitação masculina é mais focada na estimulação dos genitais do que nas mulheres. Mas é possível desenvolver sua sensibilidade! Por exemplo, tente acariciar seus mamilos enquanto se masturba, você treinará esta área para ser mais prazer “receptivo”.

Os testículos, o períneo, o ânus e a próstata são partes dos órgãos genitais essenciais à sua excitação … Lembre-se de que um homem não se reduz ao pênis! Os testículos e o períneopodem ser massageados a cada momento, durante a masturbação , o sexo oral e até mesmo a penetração(dependendo das posições). Eles são excelentes impulsionadores de prazer!

A área anal é mais delicada de abordar para alguns homens, porque às vezes é sinônimo de homossexualidade e / ou dor. E ainda! É uma área sensível e muito erógena . Você pode começar por massagear os músculos do ânus ao ar livre para encontrar este lugar atraente e agradável antes de ir mais longe. A boa notícia: você também pode massagear a próstata indiretamentesem introduzir um dedo nas costas do homem. Há um ponto famoso na tradição do Tao, o “milhão de dólares”. Ele está localizado no períneo, a meio caminho entre o ânus e o escroto, e você pode empurrar o dedo nele. Você só tem que pressionar muito para poder tocá-lo.

Coloque todos os seus sentidos em alerta!

Levante a temperatura. As variações de quente e frio são um excelente estimulante para a pele e jogam no fluxo sanguíneo. Tente beber chá quente antes de um boquete ! O efeito surpresa é garantido. Não hesite em ser ganancioso: espalhe seu corpo de chocolate, chantilly ou lubrificantes perfumados … A comida está intimamente ligada ao sexo.

Um pouco de privação sensorial. Amarre-o ou venda-o : suas carícias serão mais intensas, mais inesperadas, diferentes. Brinque com desejo, frustração e surpresa.

E tudo na música … Por que às vezes somos atravessados ​​por uma onda de prazer, a ponto de ter arrepios enquanto ouvíamos um riff de guitarra ou uma ópera? Pesquisadores olharam para essa pergunta e a responderam: ao ouvir música , o cérebro começa a produzir dopamina, um neurotransmissor que causa uma imensa sensação de satisfação. Fenômeno que se observa exatamente da mesma maneira durante uma relação sexual. Estes são de fato os mesmos circuitos cerebrais que são ativados quando você faz amor e quando ouve música. Ao fazer as duas coisas ao mesmo tempo, acrescentamos prazer ao prazer, potencializamos isso!

Deixe-se ir …

Seu corpo fala por você. A linguagem corporal é uma das primeiras formas de comunicação, é muito animal e muito instintiva. Não hesite em libertar seus gestos, seus desejos, seus impulsos … Tire suas roupas, faça um striptease , camber, acaricie, morda, chupe. Não ponha nenhum freio em você: ninguém é ridículo quando vem de tripas.

Liberte sua palavra. Muitos casais às vezes sentem que as palavras podem “destruir” a magia do momento e, portanto, preferem fazer amor em silêncio. Então, sim, não se trata de comentar tudo como em um jogo de futebol, no entanto, expressar sua emoção, descrever o que você vai fazer para o seu parceiro com palavras cruas e porcos é um afrodisíaco formidável.

E caso mesmo assim seu homem ainda não consiga te dar uma noite de prazer satisfatórias leia mais sobre o estimulante Macho Power.

Linhas de expressão (rugas)

Linhas de expressão (rugas)

As linhas de expressão são motivo de atenção especial e de procura de cuidados corretivos e tratamentos, sobretudo pelas mulheres, uma vez que o surgimento das primeiras rugas faciais marca o início do declínio da juventude (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991). As rugas são desencadeadas pela alteração nas fibras elásticas e pela diminuição da espessura da pele e do tecido subcutâneo, decorrentes do processo de envelhecimento. São decorrentes da ação dos músculos da mímica ou da gravidade agindo sobre uma pele mais ou menos flácida

Ocorrem em toda a superfície cutânea, sobretudo nas áreas que se encontram descobertas a maior parte do tempo, como face e mãos, o que demonstra a importância da irradiação solar no agravamento das rugas fisiológicas. A sequência de alterações e a velocidade com que ocorrem se dá de maneira bastante variável em cada indivíduo

Leia também: Creme para rugas anvisa

Até os 20 anos surgem as primeiras linhas de expressão na região frontal, decorrentes da ação do músculo occipitofrontal. As demais linhas de expressão aparecem em regra após os 25 anos. Nesta idade, surgem algumas rugas pequenas e finas, junto dos sulcos nasogenianos. Até cerca dos 40 anos aparecem rugas suborbitais, rugas do pescoço, nas regiões pré-auriculares e nas mãos, enquanto as anteriores vão se acentuando (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991).

Leia também: Skin renov bula

Aos 50 anos observa-se ptose cutânea da pálpebra superior que associada à ptose do canto externo dos olhos é responsável pela aparência de cansaço e tristeza da face idosa. Surgem as primeiras linhas de expressão cervicais e periorais. Aos 60 anos observamos que as linhas de expressão existentes aprofundam-se e alongam-se, como na união “pé-de-galinha”. Aos 70 anos, acentuam-se todas as linhas de expressão preexistentes (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991).

De acordo com a sua morfologia, as rugas podem ser classificadas em: primárias (depressão linear que interrompe a uniformidade da pele por diminuição da camada hipodérmica ou por atrofia dérmica), secundárias (continuações das rugas da primeira fase) ou terciárias (rugas que surgem tardiamente por ptose cutânea. É observável em uma pele que perdeu sua elasticidade e tonicidade por flacidez) (LEGER, 2009).

As linhas de expressão podem ser de três tipos: rugas de expressão, linhas do tempo e rugas mistas (GUIRRO e GUIRRO, 2004, ARQUERO, 2009):

• Rugas de expressão (dinâmicas): causadas pelo movimento contínuo dos músculos faciais sobre uma pele que perdeu a elasticidade ou capacidade de recuperar sua forma. Localizadas em cima do nariz, horizontal ou verticalmente, na testa, no canto externo dos olhos e no lábio superior. Surgem mais cedo em pessoas com grande expressividade da mímica facial.

• Linhas do tempo (rugas estáticas): acentuam-se progressivamente em toda a face, pescoço, orelhas, queixo, colo, mãos e são determinadas pelo fotoenvelhecimento da pele ao longo dos anos e pela flacidez tissular.

• Rugas mistas: a este grupo pertence o sulco nasogêniano (depressão que vai da lateral do nariz ao canto externo da boca, podendo inclusive estender-se até a mandíbula. São provocadas pela ação muscular somada à ação da gravidade. As rugas verticais que se formam na parte anterior do pescoço também são consideras mistas.