Super dicas: Acabe com o ressecamento dos pés e os mantenha lisinhos

Super dicas: Acabe com o ressecamento dos pés e os mantenha lisinhos

De acordo com a dermatologista Carla Albuquerque (SP), membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a hidratação dos pés que precisa ser feita todos os dias. Para isso, ela recomenda buscar hidratantes que contenham algum dos seguintes ativos:

Leia também: pé ressecado

Lixar os pés ajuda ou atrapalha?

Apesar de dar a impressão momentânea de pés lisos e macios, lixar os pés é um péssimo hábito que acaba piorando o ressecamento. “A área reage para se proteger, ficando ainda mais grossa”, explica a dermatologista.

O melhor caminho é a esfoliação periódica e a hidratação diária. A dermatologista ensina como fazer isso em casa em apenas 4 passos rápidos e ainda dá dicas para evitar que o problema reapareça.

Passo 1: esfolie Eleja um esfoliante com grânulos grandes e aplique nos pés logo após o banho morno, quando os poros estão abertos e a pele, limpa. Massageie cada lado durante 1 minuto, fazendo movimentos circulares suaves. Não utilize bucha, pois ela pode agredir a pele da região.

Passo 2: enxágue Volte ao chuveiro e remova bem o creme com água corrente.

Passo 3: Seque bem os pés, especialmente entre os dedos, para evitar o acúmulo de umidade, e aplique um bom hidratante.

Passo 4: proteja Logo após passar o creme, envolva os pés com filme de PVC e deite-se. O creme irá agir durante a noite toda, e o filme irá aumentar a absorção e melhorar os resultados.

Conheça os tratamentos estéticos para manter uma pele saudável no verão

Conheça os tratamentos estéticos para manter uma pele saudável no verão

Núcleo Sesc Saúde oferece tecnologias de estética e dermatologia que resgatam o aspecto saudável ao rosto

Nas férias, é comum aproveitar a praia e a piscina, mas ao final do dia, o resultado aparece na pele, com o ressecamento causado pela exposição ao sol. A desidratação é uma das causas do envelhecimento da pele, mas pode ser revertida com tratamentos de revitalização facial.

Novas tecnologias de estética e dermatologia conseguem resgatar o aspecto saudável ao rosto. No Núcleo Sesc Saúde, existe um equipamento de fototerapia, cuja emissão de luz LED e laser infravermelho penetra no rosto e estimula a produção de proteínas que preenchem a pele, como a elastina e o colágeno.

“A gente faz todo o protocolo: higieniza, esfolia, tonifica e utiliza produtos químicos que melhoram esta fotoativação”, explica a fisioterapeuta Mariana Souza.

Leia também: Pele saudável dicas

Tratamentos de limpeza, revitalização,tratamento antiacne, peeling de diamante, aplicação de Laser e LED resgatam a saúde da pele — Foto Jr Panela

Cada paciente que chega à clínica passa por avaliação para definir qual o procedimento mais adequado. A indicação para renovar a pele do rosto é o Peeling de diamante, sua esfoliação na epiderme dá resultados eficazes para suavizar marcas de acne. Os produtos dermocosméticos para hidratação são utilizados em cuidados como limpeza de pele e revitalização.

O Núcleo Sesc Saúde funciona de segunda a sexta, das 7h às 21h e, aos sábados, das 8h às 12h. Para contratar os pacotes de tratamento em estética facial e corporal, basta fazer o Cartão Sesc, disponível para trabalhadores e empresários do comércio, assim como para o público em geral.

Nas Unidades do Sesc, qualquer pessoa pode fazer o cartão e ter acesso a muitos serviços e produtos oferecidos pelo Sistema Fecomércio. Conheça todos os benefícios do Cartão Sesc.

Máscaras faciais: por que o tratamento virou febre

Máscaras faciais: por que o tratamento virou febre

As máscaras faciais, sejam de argila, em creme ou adesivas, são uma febre entre as beauty lovers. Existem diversas opções no mercado para cada necessidade ou objetivo: limpeza, hidratação ou tratamentos imediatos, como remoção de cravos e espinhas.

De acordo com a dermatologista Gabrielle Adames, o diferencial da máscara facial em relação aos cremes tradicionais é seu rápido poder de ação. As mais populares são as adesivas, pela praticidade. Elas conquistaram principalmente quem não tem muito tempo disponível para cuidar da beleza.

Vale usar o produto enquanto você faz outras tarefas do dia a dia, por exemplo.

– É possível manter as atividades diárias enquanto usa as máscaras em casa. A única coisa que eu oriento é evitar o calor. Então, caso for cozinhar, é melhor não utilizar o produto.

Leia também:  Máscara de pepino

Ou seja, se a sua intenção é otimizar o tempo de uma leitura, do home office ou de outras tarefas domésticas, elas são muito indicadas. Tudo depende da aderência da máscara, que vai ficar fixada no rosto enquanto você se ocupa com outras atividades.

A blogueira gaúcha Dada Mitinguel é uma apaixonada por máscaras faciais. Ela conta que começou usando os cosméticos para ter um momento de relaxamento logo após o banho ou antes de dormir.

Dada indicou alguns produtos para Donna. Veja:

Máscaras de colágeno
“No site Shop Miss A qualquer produto custa 1 dólar, inclusive as máscaras. As que eu gosto de comprar nesse site são as de colágeno, que são a Collagen Facial Mask Sheet e a Honey Facial Mask Sheet”, exemplifica.

Para hidratação e clareamento
“As máscaras do atacado do Xuxa (em Porto Alegre) custam R$ 1,99, mas como é atacado, tem que comprar no mínimo 12”, explica a blogueira. “Compensa, pois o valor é baixo. São as hydrating whitening mask da marca Pil’aten”.

Para rejuvenescimento
“A da Garnier eu comprei em uma farmácia em Punta del Este. Custou apenas R$ 12. Ela tem ácido hialurônico, que ajuda na redução de rugas e super hidrata a pele”, comenta.

Para a região dos olhos
“Tem as da Sephora, para a região dos olhos, que amo, e para a face toda também. Se chamam Masque Visage Grenade. A máscara facial custa R$ 34 e R$ 32 a para a região dos olhos”.

OS BENEFÍCIOS DO COLÁGENO

Encontrado principalmente em carnes vermelhas, frango e peixe, o colágeno atua na estruturação dos tecidos. Saiba mais sobre seus efeitos na saúde da pele, unha e cabelos.

O colágeno é uma proteína que representa 25% de toda proteína do corpo humano. Ele tem a função estrutural de manter a sustentação das células, ou seja, mantê-las unidas.

A partir dos 30 anos acontece uma diminuição natural de 1% ao ano na produção de colágeno pelo corpo. Durante os 10 primeiros anos da menopausa essa perda de colágeno chega a 2% ao ano e, após a menopausa, pode chegar a 65% de perda de todo o colágeno do corpo. A consequência disso é o envelhecimento da pele, fragilidade dos cabelos e unhas e desgaste das articulações.

O que acelera a perda de colágeno: O consumo de álcool e açúcar, a prática do tabagismo e a exposição inadequada ao sol.

O que previne a perda de colágeno: Atividade física, bons hábitos alimentares, ingestão adequada de alimentos fonte de vitamina C.

Leia também: Fascia reclame aqui

O colágeno é uma proteína de origem animal e suas principais fontes alimentares são as carnes vermelhas, frango e peixe. Vale lembrar que é importante ser cauteloso ao tentar repor colágeno através dessas fontes porque elas têm também na sua composição as gorduras saturadas, e o consumo em excesso pode ocasionar desequilíbrios alimentares e danos à saúde.

Leia também: Skin renov funciona

A maneira mais fácil, prática e saudável de repor essa proteína é consumindo suplementos à base de colágeno hidrolisado em pó. Essa forma do suplemento é feita por meio da extração do colágeno do osso e da cartilagem do boi, passando então pelo processo de hidrólise (quebra das moléculas de proteína) para ser absorvido mais facilmente pelo organismo. Essa é considerada a melhor forma de consumo porque torna o colágeno puro, concentrado e livre de gorduras.

Estudos mostram que a ingestão diária de 10g de colágeno hidrolisado traz benefícios como hidratação e elasticidade à pele, fortalecimento das unhas, cabelos e articulações. Além disso, o colágeno proporciona saciedade, o que contribui para o controle do peso.

Incluir o colágeno na sua rotina alimentar só depende de você! É uma maneira prática e gostosa de se sentir bem, melhorar sua aparência e sua autoestima.

Eu já tomei minha dose de beleza hoje, e você? Está esperando o quê?

Colágeno: o que é, para que serve, benefícios

Colágeno, Suplementação, Suplementos

Colágeno é uma proteína e representa aproximadamente 25% da parte desses aminoácidos que formam o corpo humano. Está espalhado em diferentes locais como tendões, ossos, pele e dentes.

Não é por acaso que a palavra “colágeno” é uma derivação do grego “Kola”, pois é essencial para que vários processos orgânicos aconteçam, entre eles de unir órgãos.

Buscar por recursos que possam auxiliar para que os níveis deste elemento se façam presentes por mais tempo no corpo humano, é hoje um dos grandes desafios da indústria farmacêutica e estética.

Contudo, entender e ouvir falar como o colágeno pode diminuir as chances de um tumor se alastrar por exemplo, ainda é incomum. Pesquisas mais recentes, aos poucos estão sendo publicadas e nos fazem entender como essa proteína pode interferir positivamente retardando o alastramento da tumefacção.

Sabe-se ainda que o processo de homeostase tem grande ligação com a quantidade de colágeno, aliás é dependente desta.

Unificar as células do tecido de humanos e de outros animais, tornando-as fortes e resistentes, a fim de alcançar a cicatrização ou a manutenção da elasticidade são argumentos levados em consideração ao escolher essa proteína para rejuvenescimento.

Podemos ainda confiar no colágeno para emagrecer? Quais as outras propriedades e funções ele pode oferecer? O que é colágeno hidrolisado?

Essas e várias outras dúvidas serão respondidas ao longo deste artigo preparado pela equipe de redação Dicas de Treino. Continue a leitura!

O que é Colágeno

Como dito, é uma proteína do tipo fibrilar, encontrada no tecido formado por vários tipos de células presentes em animais e humanos.

Proteínas fibrilares nada mais são que macromoléculas muito longas e com vários filamentos que caracterizam a elasticidade em alguns órgãos como tendões, ligamentos e outros tecidos conectivos (servem para dar forma e estrutura).

Podemos entender como sua função é relevante, apalpando órgãos como nariz e orelha, que parecem se “dobrar” ao toque, sem ocasionar dor ou desconforto.

O organismo produz colágeno, mas, assim como outros elementos com o decorrer da idade quedas são inevitáveis. Estima-se que por volta dos 30 anos, mulheres sentem a redução.

Flacidez, aumento da celulite, unhas quebradiças, dores nas articulações e até aumento de chances de fratura, são todos sintomas da queda de colágeno.

Existem ainda subdivisões do colágeno em tipo 1, 2, 3 sendo as principais e demais secundárias. O tipo 1 tem relação com ossos, tendões, ligamentos, tecido intersticial e dentes.

Enquanto que o tipo 2 está mais evidente nas cartilagens e no olho. Já, do tipo 3 pode ser encontrado nos músculos, pele e vasos sanguíneos.

Alimentos e outros hábitos positivos ajudam a manter os níveis dessa proteína, contudo, nos últimos 50 anos pesquisas apontam os suplementos com base nos mesmos aminoácidos que o corpo produz, como a melhor e mais eficiente forma de repor o colágeno perdido.

Um dos itens mais conhecidos para auxiliar no consumo dessa proteína é a gelatina, que é sem dúvida um alimento muito apreciado pela singularidade no paladar e estrutura.

Apesar de formada com a homogeneização de oligopeptídeos que passam pelo processo de hidrolise, a gelatina tem pouca significância quando o assunto é repor colágeno.

Em se tratando de suplementação eficiente e eficaz, o Colágeno_Hidrolisado da Growth Supplements é a solução como veremos adiante.

Para que serve o Colágeno

Talvez não saiba, mas no colágeno podemos encontrar 8 aminoácidos essenciais e 1 não essencial que é o Triptofano. Entre esses presentes, Glicina, Hidroxiprolina e Prolina representam 50%.

Porém, é necessário salientar que só a prolina e a glicina são superiores em 20 vezes no colágeno em relação a outras proteínas.

Tudo isso, eleva o poder do colágeno que serve com eficiência para prover e melhorar a estrutura da pele, deixando-a firme e com elasticidade natural. É tanto um preventivo como reparador, pois mantém as células da derme e de órgãos internos unidas e firmes.

Recorrer a suplementação é essencial aos primeiros sinais de queda na produção, que normalmente aparecem na meia idade.

Alguns sinais que instigam que a produção de colágeno esteja diminuindo podem ser percebidos especialmente na pele e com mais relevância aos 50 anos, mas, conforme o estilo de vida e pré-disposição genética, algumas pessoas são acometidas pela queda ainda muito jovens.

Leia também:
Benefícios do Kefir para Pele e Cabelo

COLÁGENO_e ELASTINA – Eu quero é mais!

Como fazer Chá de Hibisco gelado para Emagrecer?

De acordo com pesquisas – mulheres com 25 anos passam a perder em torno de 1% da possibilidade de produzir colágeno anos após ano. E já nessa fase da vida, aumento da flacidez, aparecimento de rugas faciais, sinais de desidratação, tornam-se presentes e influenciam na saúde e tônus da pele.

Entretanto, outros indícios servem de argumento para buscar a reposição desta proteína, como exemplo:

Cabelos com o fio mais finos;
Surgimento de estrias;
Unhas quebradiças;
Ligamentos fracos;
Diagnóstico de osteoporose e osteopenia.
Como pode perceber, a função do colágeno é sistemática e congruente para todas as fases da vida, principalmente para otimizar a estruturação de órgãos e providenciar a mobilidade sem dores ou inconvenientes.

Além da capacidade de agrupar células protegendo órgãos internos com ação semelhante a um “andaime” ou “capa”.

Benefícios do Colágeno

Para compreender os benefícios da suplementação com colágeno retomemos a composição da molécula deste elemento. Essa, que consiste na continuidade literal de 3 aminoácidos, que são Glicina (Gly), Prolina (X) e hidroxilisina (Y), além da alanina.

No organismo, o suplemento servirá como estimulador a produção de colágeno em locais determinado como cartilagens e pele, por exemplo, mas, ainda benefícios particulares serão aproveitados como no caso da:

#Glicina: Importante para crescimento muscular, síntese de glicose e digestão;

#Prolina: Indispensável para dar sustentação e deixar a pele firme;

#Hidroxilisina: Essencial para a coagulação e síntese de vitaminas como a C;

#Alanina: Anti-fadigante muscular.

Quando integrados, esses aminoácidos trazem ao organismo benefícios gigantes e que podem ser percebidos visivelmente. Entre eles podemos destacar:

Ampla prevenção para o estiramento e ruptura das fibras que formam tecidos musculares;

Diminui a probabilidade de desenvolver inflamações cutâneas como a celulite;
Melhora consideravelmente a elasticidade;
Possibilita que unhas fiquem mais fortes evitando quebras;
Ajuda a selar a cutícula capilar evitando danos aos fios;
É um dos preventivos mais eficientes para evitar rugas e linhas de expressão.
Mas, é para prover a saúde óssea e estrutural que os benefícios do colágeno precisam ser aproveitados.

De acordo com o instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas de São Paulo, somente o colágeno é que pode promover que cartilagens, responsáveis por atenuar o atrito ósseo, fiquem livres da osteoartrite, por exemplo.

Além desse comentário, a coordenadora do Centro de Pesquisas Sanavita, localizado em São Paulo, Andrea Frias, são os peptídeos (glicina, hidroxiprolina e prolina) que servem para auxiliar que fibras se formem para “articulações de aço”.

A condição humana e a falta de Colágeno

Quando ocorre a falta desenvolvemos a doença conhecida como colagenose. Entre os inconvenientes que ela causa, estão a má formação dos ossos; inflamações recorrentes onde músculos de juntam; rigidez muscular; doenças na pele e crescimento longitudinal prejudicado.

Leia também: Skin renov funciona

Situações genéticas influencia para a pouca produção de colágeno, em particular em órgãos como coração, olhos e esqueleto. Três situações são apontadas como prováveis para a pouca eficiência da proteína, são elas:

1. Síndrome de Ehlers-Danlos (cútis elástica, síndrome do homem elástico): Caracteriza-se pelo defeito na síntese de colágeno que leva a articulações frágeis, extrema fadiga e mais uma dezena de problemas de saúde. É rara e não tem cura.

2. Síndrome de Marfan: Decorrente da má formação de cromossomos, manifesta-se ainda na infância com a caracterização da altura elevada, membros superiores alongados, deformidades torácicas, oculares e outros.

3. Osteogênese: ossos extremamente frágeis que se quebram muito facilmente.

Dietas carentes de micro e macronutrientes (principalmente proteínas com constituição bioquímica de polipeptídeos) são causadores do déficit.

Contudo, o desgaste em decorrência da idade que pode ainda ser acelerado devido a ação de radicais livres, toxicidade ambiental, vícios e o próprio declínio hormonal, também interferem negativamente para a perda.

Analisemos ainda mais duas situações para compreender a importância do colágeno na vida humana:

Para esportistas: Que necessitam cuidado redobrado com articulações, ossos e músculos e neste caso devem buscar atender as demandas com a dieta e suplementação como veremos adiante.

Para idosos: Graças aos peptídeos de colágeno, o superávit na mobilidade e estimular células dos tecidos em torno das articulações e auxiliar para manter a massa magra, será garantido.

Colágeno natural o que é?

Buscar na dieta – uma forma de agregar colágeno ao organismo – é fundamental em qualquer estágio da vida.

A lista de alimentos indispensáveis nessa proposta, passa principalmente por fontes de aminoácidos semelhantes aos encontrados na molécula orgânica.

Podemos destacar os seguintes alimentos como fontes naturais de colágeno:

Carnes vermelhas e brancas diversas;
Peixes, ostras e outros frutos do mar;
Ovos;
Frutas vermelhas e outros com vitamina C;
Nozes, castanhas e amêndoas;
Aveia;
Pimenta;
Tomate;
Beterraba;
Vegetais diversos em especial os de cor verde forte;
Chá branco.
Entretanto, suplementos a base de peptídeos de colágeno são providencias para auxiliar na reposição.

Fórmulas prontas que prometem auxiliar na manutenção dos níveis, como também aumentar essa proteína, devem conter também boas quantidades de minerais (zinco e selênio), vitaminas em especial a C, quantidade relevante de proteína e acima de tudo…

… não oferecer quantidades altas de carboidratos e energia, o que poderia levar a ganho de peso.

Muitas marcas estão disponibilizadas no mercado com a descrição “fórmula natural de colágeno”, entretanto, é importante conferir o perfil do fabricante, assim como composição e avaliação da fórmula.

Colágeno Hidrolisado

Para chegar ao colágeno hidrolisado as proteínas são “quebradas” através da hidrólise, onde a cadeia maior da molécula é dividida e outras moléculas contendo água são adicionadas.

A partir disso, novos fragmentos surgem, contudo com tamanho ideal para que o organismo (trato intestinal) absorva com maior êxito, favorecendo que o colágeno chegue rapidamente a corrente sanguínea.

O colágeno hidrolisado tem a biodisponibilidade comprovada em estudos. Um deles, ocorreu em 1999 e utilizou camundongos como cobaias. Neste estudo, verificou-se que a maior parte do suplemento (90%) é absorvido nas 6 horas seguidas após a ingestão e a maior parte fica retida na derme.

Já, na análise feita em 2005, pode-se afirmar que boa parte dos peptídeos também são absorvidos no plasma.

Leia também:
Benefícios do Kefir para Pele e Cabelo

COLÁGENO_e ELASTINA – Eu quero é mais!

Como fazer Chá de Hibisco gelado para Emagrecer?

Estudos mais recentes apontam que o colágeno hidrolisado é também relevante para fazer crescer cabelos e unhas. Mas, os efeitos para evitar tumores, principalmente diminuindo a proliferação de células doentes é o resultado mais significativo nas pesquisas.

Vale ressaltar que as propriedades funcionais e nutricionais do colágeno hidrolisado, são fundamentais para auxiliar na construção de músculos e de acordo com literaturas pode também auxiliar no emagrecimento.

As duas funções para perda de peso – as quais ainda estão sendo estudadas – incluem a suplementação como forma de maximizar o efeito saciador e também o modo positivo de ação para acréscimo de energia diário.

Diferença para o colágeno em cápsula para o colágeno em pó

A dinâmica química e os estudos efetivos oferecem o colágeno artificial em diferentes formas e funções.

Leia também: Nutren Beauty bula

Hoje, podemos encontrar colágeno em sachês, balas, barras nutritivas e até bombons com a proteína.

Entretanto, versões em pó e cápsulas são tradicionais e as mais consumidas. A principal diferença entre uma e outra é a concentração e a funcionalidade.

Enquanto a versão em pó oferece uma concentração melhor com mínimo de 9g de colágeno por unidade, a versão cápsula oferta entre 500mg até 1g por unidade (valor muito aquém para que efeitos se mostrem).

Além disso, seria necessário consumir muitas cápsulas por dia (mais de 10) para chegar a bons índices de reposição no organismo, o que resultaria em investimento muito superior caso optasse pelo colágeno em pó.

Isso sugere que mesmo sendo a versão pó menos funcional, vale investir a fim de garantir o objetivo.

Como tomar o colágeno

Se optar pela substância em cápsulas poderá consumir durante o dia, distribuído em tomadas ou em uma única vez.

É importante consumir paralelamente sucos naturais sem açúcar de frutas com vitamina C e alimentos que contenham minerais.

Já em pó pode ser adicionado a vitaminas e iogurtes entre as refeições principais.

A atenção na concentração que o fabricante diz ofertar no suplemento, deve ser mantida para que não consuma pouco ou muito colágeno.

Perguntas e Respostas

Colágeno ajuda engordar?
Não. Ao contrário, muitos produtos para emagrecer contem colágeno na fórmula.

Vale aqui destacar a pesquisa publicada no site especialista em esclarecimentos sobre suplementação Nutrition Advisor, que foi feita com 50 pessoas obesas consumidoras de colágeno hidrolisado.

Durante 30 dias, uma colher do suplemento foi adicionada a dieta e surpreendentemente após 90 dias a média de emagrecimento do grupo alcançou mais de 4 kg.

Colágeno ajuda emagrecer?
Sim ele é um coadjuvante para o emagrecimento, sendo indicado inclusive para suplementar nos períodos de dieta.

Entretanto, não há provas científicas que o colágeno emagrece por si só, mas, o senso popular afirma que um efeito colateral (aliás muito bem visto) é o emagrecimento. Que acontece naturalmente após algum tempo da suplementação.

Qual o melhor Colágeno?
O colágeno é um dos suplementos mais democráticos que existe, pois serve para homens e mulheres com taxas próximas a zero de efeitos colaterais.

Porém, é fundamental escolher somente marcas recomendadas como por exemplo o Colágeno_Hidrolisado da Growth Spplements.

Elaborado com matéria-prima excepcional e de acordo com padrões rigorosos de qualidade é o suplemento ideal a base de colágeno para proteger articulações, melhorar a pele e afastar o envelhecimento, como também somar para benefícios extraordinários, entre eles diminuição das chances de desenvolver hipertensão, problemas estomacais e úlceras.

Além disso é um suplemento diferenciado para atletas que visam a construção muscular e pessoas que precisam emagrecer.

Onde comprar Colágeno?
Para mais segurança e garantir um produto original, com preço justo e entrega rápida, acesse a página de vendas da Growth Supplements e solicite o Colágeno Hidrolisado. É fácil e confiável, clique aqui e confira!

Como sempre, a equipe Dicas de Treino preparou este post para esclarecer como aproveitar os benefícios da suplementação, neste caso, do colágeno hidrolisado.

Sugerimos partilhar este artigo na sua rede social preferida e enviar perguntas sobre o assunto no chat abaixo.

7 Benefícios do Suco de Babosa – Para Que Serve e Propriedades

PUBLICIDADE
A babosa, também conhecida pelo nome de Aloe vera, é uma planta nativa do Norte da África, do Sul da Europa e das Ilhas Canárias. Ela tem sido utilizada em propósitos medicinais desde os tempos do Egito antigo.

7 benefícios do suco de babosa – Para que serve e propriedades
Vamos aprender como fazer uma receita da bebida e conhecer alguns dos benefícios do suco de babosa à saúde?

1. Hidratação
A planta é rica em água, o que faz com que o consumo do seu suco seja uma boa forma de auxiliar o corpo a se manter hidratado, principalmente para aquelas pessoas que não tomam água com tanta frequência.

Manter o organismo hidratado é uma forma de auxiliar a desintoxicar o corpo por meio da eliminação de impurezas.

2. Auxílio ao tratamento da prisão de ventre
Um dos benefícios do suco de babosa é auxiliar a aumentar o teor de água do intestino. O que isso tem a ver com o combate à prisão de ventre? Segundo uma pesquisa, existe uma relação entre o aumento do teor de água no intestino e a estimulação do peristaltismo, que é o que ajuda as fezes a passarem normalmente.

3. Saúde da pele
A babosa é uma fonte rica em antioxidantes e vitaminas que contribuem com a saúde da pele.

Os compostos da planta já mostraram serem capazes de combater os efeitos da radiação ultravioleta (UV), reparar a pele de danos já existentes, que foram provocados pela radiação UV, e contribuir com a prevenção de rugas e linhas de expressão.

4. Fonte de nutrientes
Outro dos benefícios do suco de babosa refere-se à nutrição do corpo humano. As vitaminas estão entre os nutrientes que o nosso organismo necessita para funcionar corretamente, e o suco de babosa serve como fonte de vitaminas como vitamina B9, vitamina B12, vitamina C e vitamina E.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Babosa na Pele é Bom? Benefícios e Como Usar
Como Fazer Chá de Babosa – Receita, Benefícios e Dicas
10 Benefícios do Suco de Batata – Como Fazer e Dicas
Limão Prende ou Solta o Intestino?
A planta ainda serve como fonte de minerais como cálcio, cobre, cromo, selênio, potássio, magnésio, manganês e zinco, porém, em pequenas quantidades.

5. Ajuda a amenizar a azia
O suco de babosa contribui com o alívio da azia através do controle da secreção de ácido dentro do estômago, com efeitos que também podem contribuir com o combate às úlceras gástricas e auxiliar a impedir que elas fiquem maiores.

Leia também: Babosa para a pele

6. Saúde do sistema digestivo
Mais um dos benefícios do suco de babosa refere-se à saúde do sistema digestivo, porque ele fornece enzimas que contribuem com a decomposição de gorduras e açúcares e com a manutenção do funcionamento adequado do processo de digestão.

O funcionamento ideal do sistema digestivo é fundamental para a absorção dos nutrientes oriundos dos alimentos consumidos por meio da dieta.

7. Possível diminuição de dores e desconfortos causados pela síndrome do intestino irritável
Uma pesquisa realizada com 33 pacientes diagnosticados com a síndrome do intestino irritável identificou que o suco de babosa contribuiu com a diminuição da dor e do desconforto associados à condição.

Entretanto, por conta do método adotado no experimento, ainda são necessários outros estudos para que esses resultados sejam comprovados.

Como fazer – Receitas de suco de babosa
1. Receita de suco de babosa com mel

Ingredientes:

2 folhas de babosa;
Mel a gosto;
Água.
Modo de preparo:

Abrir as folhas de babosa e retirar a sua polpa; Colocar a polpa no liquidificador juntamente com o mel e a água. Bater e servir-se imediatamente.

2. Receita de suco de babosa com maçã e mel

Ingredientes:

2 folhas de babosa;
Mel a gosto;
1 maçã lavada e picadinha;
Água.
Modo de preparo:

Abrir as folhas de babosa e retirar a sua polpa; Colocar a polpa no liquidificador juntamente com o mel, a maçã e a água. Bater e servir-se imediatamente.

Atenção: é importante tomar o suco natural de babosa imediatamente depois do seu preparo porque a bebida pode perder logo as suas propriedades nutricionais e, portanto, os seus benefícios. O chamado processo de oxidação que acontece por meio do calor e da exposição ao oxigênio e à luz pode fazer com que certos nutrientes percam a sua eficiência. Por isso, quando não for possível tomar o suco na hora em que ele for feito, a sugestão é armazená-lo em garrafas escuras muito bem vedadas para evitar ou atrasar o processo.

Cuidados com a babosa
Sabendo dos benefícios do suco de babosa, antes de utilizá-lo para propósitos medicinais, para auxiliar o tratamento de alguma condição de saúde, é fundamental conversar com o médico a respeito disso para saber se a utilização do suco da planta é realmente indicado.

E caso você faça uso de qualquer tipo de medicamento, cheque também com o médico se não existem riscos de interações entre a babosa e o remédio em questão.

Enquanto a babosa purificada (com pouco antraquinona) é considerada segura, a babosa não purificada (com teor mais alto de antraquinona) pode trazer efeitos colaterais como diarreia, cólicas, adenoma no cólon (tumor benigno) e câncer de cólon em decorrência do uso em longo prazo (raro, mas pode acontecer).

Assim, ao comprar a sua babosa, certifique-se de que está adquirindo uma versão purificada – e segura – da planta.

Leia mais https://www.mundoboaforma.com.br/7-beneficios-do-suco-de-babosa-para-que-serve-e-propriedades/#AxCDpiKx7RlFIuCG.99

10 Incriveis Cremes Anti celulite Bons e Baratos

A celulite está afetando sua autoestima ? Não se apavore! Conheça os melhores cremes para celulite existentes no mercado e comece, agora mesmo, a reduzir os terríveis furinhos na pele.

Leia também: Skin renov bula

A celulite é uma das coisas que mais preocupam as mulheres, pois, além de não possuir um aspecto nada legal, ela ainda é indicio de que certamente há uma gordurinha localizada por ali. Existem vários tipos de cremes no mercado para trata-las.

Geralmente esses cremes são à base de cafeína pois, ela é uma forte aliada no combate as celulites. Inclusive já publicamos aqui um Tratamento contra celulite à base de Café.

Nesta matéria, você vai conhecer os melhores cremes para celulite existentes no mercado. Tome Nota!

Primeiramente vamos entender o que é a celulite
São caracterizadas por pequenos furinhos na pele, com o famoso aspecto “casca de laranja”. Na área médica é mais conhecida como Lipodistrofia Ginóide, uma infecção bacteriana logo abaixo da epiderme (subcutâneo).

O que acontece é que as células se enchem de gorduras, água e toxinas fazendo com que elas fiquem duras, e então, estão formadas as famosas ondulações na pele conhecidas como celulite.

Estão relacionadas com o hormônio feminino mais conhecido como estrogênio, por isso elas aparecem onde o estrogênio está sob influencia no corpo feminino:

braços
seios
coxas
nádegas
Tem como causas principais o sedentarismo, uma má alimentação, problemas circulatórios, falta de exercício físico, e principalmente causas genéticas.

Apesar de nós mulheres ficarmos extremamente desconfortáveis com a celulite, estas não possuem risco para saúde de ninguém.

Veja Também:

Como tratar a celulite de acordo com a idade

Os 5 melhores exercícios para eliminar a celulite do bumbum

9 dicas para eliminar a celulite

Como agem os cremes para celulite
Primeiramente você deve se atentar para o fato de que os cremes não fazem milagres! Isso mesmo, não fazem milagres! Portanto você também deverá fazer sua parte, começando por uma dieta saudável e equilibrada além de uma rotina de exercícios físicos pelo menos 3 vezes na semana.

Hoje em dia existem vários tipos e marcas de cremes por aí, você deverá testá-los até perceber qual se adapta melhor à sua pele.

Os cremes agem:
Fortalecendo a parede dos vasos sanguíneos.
Estimulando o esvaziamento dos depósitos de gordura e toxinas estocadas no corpo, drenando as toxinas liberadas.
Evita que o líquido drenado não seja novamente reabsorvido pelo organismo.
Contendo ativos como o retinol que atua melhorando o aspecto da pele.
As elaborações desses tipos de cremes não são tão simples como muitos pensam, além de atuarem de todas essas formas acima citadas, ainda devem ter uma absorção rápida. E claro, precisa ter aquele cheirinho todo especial, afinal, além de bonita queremos ficar sempre cheirosas, não é mesmo?

Leia também: comprar Creme firmador

Veja Também:

Exercícios de 20 minutos para reduzir a celulite

10 dicas para se livrar da celulite nas coxas

5 Exercícios Para Reduzir Celulite E Queimar Gorduras das Coxas e Bumbum

Conheça agora os melhores cremes para celulite

1. Body Active (O Boticário)
Sua fórmula promete quebrar os adipócitos presentes nas células, melhorando visivelmente o aspecto.

2. Perfect Slim Dia (L’Oreal)
Sua fórmula promete conter lipo-redutores que atuam na queima dos ácidos graxos transformando-os em energia para o corpo. Atuam também inibindo a transformação dos açúcares em gorduras no organismo, favorecendo assim a diminuição das celulites no organismo.

3. Cellu-Sculp (Avon)
Além de hidratar e fortalecer a pele., atua no aumento da circulação sanguínea da pele ativando assim a drenagem linfática.

4. Bye, Bye Celulite (Nívea)
É considerado um dos melhores cremes para celulite pois, atua diretamente nos adipócitos presentes no organismo, aumentando a firmeza e elasticidade da pele. Sua fórmula promete diminuir o aparecimento de novas celulites.

5. Bio V Vegetal Intensive Body Slim (Vitaderm)
Este creme atua duplamente, durante o dia atua estimulando a queima de gordura e à noite atua prevenindo o aparecimento de novos adipócitos.

6. Cellu Reverse (Elancyl)
O Cellu Reverse é considerado um dos melhores cremes para celulite pois sua fórmula atua favorecendo a firmeza da pele, também atua impedindo novos armazenamentos de adipócitos. Está indicado para reduzir a gordura abdominal.

7. Celludestok (Vichy)
O Celludestok é considerado um dos melhores cremes para celulite por atuar suavizando a pele quebrando a gordura no subcutâneo

8. Celluli Laser Slim Code (Biotherm)
Atua dificultando o acúmulo de novos adipócitos no subcutâneo, contém uma enzima chamada AMPK que acelera a queima de gordura pelo organismo.

9. Gel Aticelulite Amêndoa (L’Occitaine)
Atua desinflamando os tecidos por conter em sua substância flavonoides. É feito de amêndoas, isso ajuda a hidratar e deixar sua pele lisa e uniforme.

10. Gel Redutor de Celulite com DMAE (Bio- Médicin)
É considerado um dos melhores cremes para celulite pois contém em sua substância o dimetilaminofenol mais conhecido como DMAE, este creme tem sido usado como alternativa ao botox. Promete uma pele lisa e uniforme combatendo a celulite e também a gordura localizada.

Linhas de expressão (rugas)

Linhas de expressão (rugas)

As linhas de expressão são motivo de atenção especial e de procura de cuidados corretivos e tratamentos, sobretudo pelas mulheres, uma vez que o surgimento das primeiras rugas faciais marca o início do declínio da juventude (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991). As rugas são desencadeadas pela alteração nas fibras elásticas e pela diminuição da espessura da pele e do tecido subcutâneo, decorrentes do processo de envelhecimento. São decorrentes da ação dos músculos da mímica ou da gravidade agindo sobre uma pele mais ou menos flácida

Ocorrem em toda a superfície cutânea, sobretudo nas áreas que se encontram descobertas a maior parte do tempo, como face e mãos, o que demonstra a importância da irradiação solar no agravamento das rugas fisiológicas. A sequência de alterações e a velocidade com que ocorrem se dá de maneira bastante variável em cada indivíduo

Leia também: Creme para rugas anvisa

Até os 20 anos surgem as primeiras linhas de expressão na região frontal, decorrentes da ação do músculo occipitofrontal. As demais linhas de expressão aparecem em regra após os 25 anos. Nesta idade, surgem algumas rugas pequenas e finas, junto dos sulcos nasogenianos. Até cerca dos 40 anos aparecem rugas suborbitais, rugas do pescoço, nas regiões pré-auriculares e nas mãos, enquanto as anteriores vão se acentuando (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991).

Leia também: Skin renov bula

Aos 50 anos observa-se ptose cutânea da pálpebra superior que associada à ptose do canto externo dos olhos é responsável pela aparência de cansaço e tristeza da face idosa. Surgem as primeiras linhas de expressão cervicais e periorais. Aos 60 anos observamos que as linhas de expressão existentes aprofundam-se e alongam-se, como na união “pé-de-galinha”. Aos 70 anos, acentuam-se todas as linhas de expressão preexistentes (ESTEVES, BAPTISTA e RODRIGO, 1991).

De acordo com a sua morfologia, as rugas podem ser classificadas em: primárias (depressão linear que interrompe a uniformidade da pele por diminuição da camada hipodérmica ou por atrofia dérmica), secundárias (continuações das rugas da primeira fase) ou terciárias (rugas que surgem tardiamente por ptose cutânea. É observável em uma pele que perdeu sua elasticidade e tonicidade por flacidez) (LEGER, 2009).

As linhas de expressão podem ser de três tipos: rugas de expressão, linhas do tempo e rugas mistas (GUIRRO e GUIRRO, 2004, ARQUERO, 2009):

• Rugas de expressão (dinâmicas): causadas pelo movimento contínuo dos músculos faciais sobre uma pele que perdeu a elasticidade ou capacidade de recuperar sua forma. Localizadas em cima do nariz, horizontal ou verticalmente, na testa, no canto externo dos olhos e no lábio superior. Surgem mais cedo em pessoas com grande expressividade da mímica facial.

• Linhas do tempo (rugas estáticas): acentuam-se progressivamente em toda a face, pescoço, orelhas, queixo, colo, mãos e são determinadas pelo fotoenvelhecimento da pele ao longo dos anos e pela flacidez tissular.

• Rugas mistas: a este grupo pertence o sulco nasogêniano (depressão que vai da lateral do nariz ao canto externo da boca, podendo inclusive estender-se até a mandíbula. São provocadas pela ação muscular somada à ação da gravidade. As rugas verticais que se formam na parte anterior do pescoço também são consideras mistas.

COLÁGENO EM PÓ FUNCIONA CONTRA A FLACIDEZ?

COLÁGENO EM PÓ FUNCIONA CONTRA A FLACIDEZ?

Já começo o post dizendo que eu amo colágeno em pó, quero casar com ele, tomo todos os dias e não vou parar nunca, porque esperança é a última que morre!rs

O fato é que tomo o danado duas vezes ao dia desde os 28 anos, e minha prima, que é nutricionista, falou que eu estava jogando dinheiro fora porque ele, seja em pó, em cápsulas ou de qualquer outro jeito não vai “entrar” no meu organismo e “correr pra pele” pra melhorar a flacidez.

Juro que fiquei chocada, porque eu sempre tomei acreditando que era isso o que acontecia, sabe? #MeJulguem

Leia também: o que é Colágeno em pó

O QUE É COLÁGENO?
A questão é que o colágeno nada mais é que uma proteína, proteína essa que é “quebrada” no estômago após a ingestão e transformada em aminoácidos, que é a parte “menor”, por assim dizer, da proteína, sendo que essa parte é que absorvida pelo organismo.

Isso significa que ingerí-lo é o mesmo que ingerir aminoácidos, e o nosso organismo não identifica de onde veio esse aminoácido, se de colágeno, carne, ovo e por aí vai.

Leia também: Skin renov bula

Claro que aminoácidos são bons, são essenciais, aliás, tanto pra pele, quanto pro cabelo e pras unhas, afinal eles compõem o tecido. Mas, o que é errado é achar que basta tomar o bonitinho pra que a flacidez da pele melhore, porque a coisa não é por aí!

FUNCIONA CONTRA A FLACIDEZ?
Simplificando: ele ajuda, como qualquer outra proteína, mas não é uma porção mágica que acaba com a flacidez, entende? E tão importante quanto o colágeno é uma dieta rica em proteínas, coisa um pouco complicada pra mim, que não consumo carnes de nenhum tipo.

Outra coisa importante pra quem consome colágeno é procurar opções que sejam enriquecidas com zinco, vitamina A, C e E, já que esses micronutrientes potencializam a síntese de colágeno e possuem ação antioxidante.

Saiba mais sobre os 4 tipos de colágeno

Saiba mais sobre os 4 tipos de colágeno

Muitos cosméticos e dietas prometem trazer o colágeno como benefício. Mas, afinal, por que precisamos dele? Quais os tipos de colágenos existentes? Todos são iguais? Exercem a mesma função? Ou existe algum mais indicado para você?

Buscando responder a esses e outros questionamentos, o post de hoje vai explicar quais são os tipos da proteína e quais as diferença entre eles. Continue a leitura!

Entendendo o colágeno tipo 3 e 1
O nome define a proteína que estrutura a pele, trazendo firmeza e elasticidade a ela. Entretanto, sua atuação não se reduz apenas a esse órgão! O colágeno também participa da estruturação dos ossos, músculos, cartilagens, cabelos e unhas.

Leia também: Skin renov reclame aqui

Estima-se que cerca de 25% de toda a proteína presente em nosso corpo seja colágeno. Ele é naturalmente produzido por nosso organismo, mas a partir dos 25 anos, sua quantidade cai. É aí que sua falta começa a ser sentida.

Quando o organismo recebe uma boa quantidade do nutriente, a queda de cabelo diminui, as unhas ficam mais fortes e a pele se mantém viçosa. Mas não é só na beleza que ele é necessário. Os movimentos do corpo dependem do bom funcionamento das cartilagens, e o colágeno é essencial para isso.

Os principais tipos de colágeno
O mercado brasileiro oferece diversos produtos para repor o colágeno. Diante disso, como saber qual é o mais indicado para ser consumido por você?

A seguir, entenda as características de cada um e descubra o melhor colágeno para você!

Tipo I
Trata-se do colágeno mais abundante no corpo, presente na pele, nos tendões, em cartilagens fibrosas, ligamentos e ossos. Sua função é formar fibras e feixes para estruturar os órgãos.

Ele é indicado para a saúde do cabelo e das unhas e para melhorar a elasticidade e resistência da pele. O colágeno tipo I pode ser consumido e reposto através da alimentação, com a ingestão de proteínas variadas presentes em carnes, ovos, peixes, soja, feijão, etc.

Tipo II ou UC-II
É o gênero presente apenas nas cartilagens. Para colaborar com seu funcionamento, o tipo II age como uma esponja, absorvendo e eliminando água quando necessário.

Como é produzido nesse órgão, é o mais difícil de encontrar. Mesmo assim, existem suplementos que ativam sua produção.

Nem todo mundo precisa repor o colágeno tipo II. Isso é indicado para atletas, pessoas com artrose ou outros problemas nas articulações e degeneração das cartilagens. Aqueles que sofreram alguma lesão nesses órgãos e estão se recuperando também podem fazer uso, para que a região se regenere mais rápido.

Desnaturado
Após processos químicos, térmicos e enzimáticos, é possível desnaturar o colágeno. Ou seja, romper sua forma tridimensional, mas sem perder suas estruturas primárias.

Trata-se de um método reversível, que permite a digestão de algumas proteínas. Uma das formas mais comuns de colágeno desnaturado, e que pode ser facilmente consumida, é a gelatina.

Leia também: comprar Colágeno tipo 3 e 1

Mas atenção! Esse tipo não é indicado para quem sofre de inflamações articulares, pois não possui efeitos benéficos para o problema. Nesse caso, é melhor buscar o tipo II não desnaturado.

Hidrolisado
O colágeno desnaturado passa por mais um procedimento químico e enzimático, denominado hidrolise, onde é quebrado em partículas menores. Isso facilita a absorção pelo corpo, melhorando seu aproveitamento pelo organismo.

O colágeno hidrolisado pode ser encontrado tanto em pó ou em cápsula, e está presente como ingrediente de muitos suplementos. Popularmente, ele também é conhecido como Verisol.

Agora que você já conhece os diferentes tipos de colágeno e onde obtê-los, avalie qual vai atender melhor às demandas do seu corpo. Este post foi útil para você? Quer receber mais conteúdo como este? Assine a nossa newsletter e receba nossos posts por e-mail!