Categoria: Impotência

Disfunção erétil e diabetes

À primeira vista, pode parecer que nada pode lidar com os problemas da sexualidade. Na realidade, não é nada disso. Vamos ver porque.

A disfunção erétil é um distúrbio mais comum do que se poderia pensar. A partir dos dados epidemiológicos mais recentes, parece que, nos países ocidentais, aflige cerca de 10% da população em geral e, se considerarmos as alterações transitórias, a proporção aumenta para 50% em homens com idade entre 40 e 70 anos.

Não seria dito. Isto é devido ao fato de que o distúrbio é reconhecido apenas em uma porcentagem muito pequena. Especialmente os homens mais jovens, que tendem a minimizar ou esconder o problema, escapam ao diagnóstico.

Uma atitude que pode levar a um agravamento do desempenho sexual e aumentar a depressão e a neurose. Mas não só. A deficiência sexual pode ser um espião de outras doenças, como hipertensão, dislipidemia ou diabetes.

Disfunção erétil 

A disfunção erétil, antes chamada de ” impotência sexual”, é a incapacidade de obter e manter uma ereção satisfatória para a atividade sexual.

A desordem, para ser realmente considerada uma patologia, deve estar presente de forma constante. Em outras palavras, uma disfunção ocasional não deve ser considerada patológica: há muitos homens absolutamente saudáveis ​​que às vezes vão à defautância.

Pode haver muitos fatores na base de um déficit de ereção. A partir dos psicológicos, que muitas vezes estão associados a doenças orgânicas que danificam estruturas vasculares, artérias e corpos cavernosos, responsáveis ​​pelo fenômeno ereto.

Para permitir a ereção, de fato, existem dois órgãos esponjosos vasculares do pênis, chamados corpos cavernosos, conectados uns aos outros por vasos sanguíneos e nos quais o sangue flui, fazendo com que o pênis fique entorpecido.

Quer conhecer mais sobre o produto UltraG?

A ligação com diabetes

Vários estudos mostraram uma estreita correlação entre diabetes e disfunção erétil. Mais da metade dos diabéticos tendem a desenvolver déficits eretores dentro de 10 anos de diagnóstico para alcançar uma prevalência de 95% de distúrbios eréreos quando o paciente atinge 70 anos.

Diabetes, e em particular a presença de muita glicose no sangue, causa danos a pequenos vasos sanguíneos. De fato, o excesso de açúcar liga-se às paredes dos vasos, tornando-os menos elásticos e, portanto, impedindo a extensão natural necessária para o transporte de quantidades adequadas de sangue.

Menos fornecimento de sangue ao pênis significa menos turgescência e tamanho reduzido durante a ereção.

Além disso, no diabetes, a produção de algumas substâncias vasodilatadoras, como o óxido nítrico (NO), é reduzida.

Finalmente, de acordo com pesquisas recentes, a alta correlação entre diabetes e déficits sexuais também pode ser devido ao hipogonadismo, uma disfunção que causa baixos níveis de testosterona no sangue, com diminuição do desejo sexual e a capacidade de ter uma ereção.

A prevenção é possível

Controlar o diabetes ajuda a prevenir todas as suas complicações, incluindo a disfunção erétil. Devemos primeiro agir sobre os estilos de vida, sobre os hábitos diários, a partir da mesa.

Uma dieta com baixo teor de gordura , especialmente aqueles de origem animal, e limitada a açúcares rapidamente absorvidos, mantém o nível de açúcar no sangue controlado e reduz o risco de problemas de ereção.

A tabela lista alguns dos alimentos com maior teor de gordura, por isso seria melhor evitá-los ou limitá-los.

Como a ansiedade afeta a sexualidade

A relação sexual é um momento de prazer e relaxamento. Mas o estresse e a ansiedade podem estragar esse sentimento e substituí-lo por um desconforto difícil de superar. Descubra todas as formas pelas quais os transtornos de ansiedade influenciam sua vida sexual.

Qualquer forma de ansiedade é uma distração que limita o bem-estar sexual. Se sua sensação de ansiedade é temporária ou se você tem uma condição crônica, como um transtorno de ansiedade generalizada , dificulta a comunicação com o parceiro e a diversão na hora de dormir .

Sentimentos de ansiedade podem diminuir sua libido de várias maneiras. O pânico e a preocupação afetam a mente e o corpo, aumentando a produção de hormônios do estresse, como a adrenalina. Medicamentos usados ​​para tratar a ansiedade também têm efeitos colaterais. Aprenda a reconhecer as consequências da ansiedade em sua vida sexual para encontrar soluções, incluindo a ajuda de um terapeuta.

Se você precisa de alguma ajuda na sua vida sexual conheça o Gandrox XL.

O desconforto

Despir-se na frente de alguém pela primeira vez é assustador para todos. Mas quando a ansiedade chega ao quarto, o sentimento de constrangimento aumenta ainda mais, assim como o risco de ser obcecado com o que são considerados defeitos físicos. A ansiedade acentua a autoconsciência, assim como a vergonha geral do corpo ou das partes, lembra o site da Saúde.

Intimidade

Quando o medo e o pânico o incomodam, talvez você não queira se aproximar fisicamente ou emocionalmente de seu parceiro . Para mulheres que experimentam ansiedade como resultado de traumas relacionados a gênero, a intimidade pode se tornar ainda mais assustadora. O corpo pode entrar em modo de parada e tornar-se incapaz de sentir excitação suficiente para ter um relacionamento. Sem perceber, você pode evitar sexo ou preliminares , o que pode criar tensão no casal.

Comunicação

Muitas vezes é difícil, mesmo para parceiros próximos, compartilhar seus desejos e fantasias . A ansiedade pode, portanto, agravar essa situação. Mas abrir-se para o seu parceiro e expressar honestamente suas preferências de vida sexual é um alívio real. É difícil lidar com isso, no entanto, quando a adrenalina está fluindo e lhe dá uma impressão de perigo constante.

Orgasmo

Músculos tensos, respiração superficial, arrepios e muitos outros sintomas relacionados à ansiedade impedem que você desapareça e alcance o orgasmo . A causa é uma diminuição na lubrificação, dor ou mesmo vaginismo , e uma tensão geral que impede que os músculos vaginais relaxem . Esses problemas, associados a pensamentos ansiosos, podem interromper a estimulação sexual e inibir o orgasmo.

Mas todos estes motivos podem ser  descartados com uma boa conversa com o parceiro e quando o sexo não tem todo o peso que a sociedade nos diz então o melhor é deixar todo o julgamento de lado e só encarar ocomo duas pessoas que se amam e que querem levar o relacionamento para o próximo nível.

O que nos dias de hoje é muito difícil, e caso você passe por alguma situação parecida consulte seu médico de confiança para que assim você possa ter a decisão mais segura para você em todos os sentidos da vida.

Aqui vai se encerrando mais um por do site, beijos e se cuidem.

tratamento DISFUNÇÃO ERÉTIL (IMPOTÊNCIA): DEFINIÇÃO, CAUSAS E TRATAMENTO

tratamento DISFUNÇÃO ERÉTIL (IMPOTÊNCIA): DEFINIÇÃO, CAUSAS E TRATAMENTO

Procurando tratamento para a disfunção erétil? Leia mais sobre Terapia Sexual

Sexo é vida, afirma a campanha publicitária de uma clínica médica na mídia. Desde 1998, após o lançamento do primeiro medicamento administrado por via oral para tratamento da disfunção erétil, também conhecida como impotência, homens têm conseguido melhorar seu desempenho sexual. No entanto, muitos destes, adultos jovens entre vinte e trinta anos, passaram a viver a ansiedade de não “funcionarem” sexualmente sem suas pílulas “milagrosas”. A despeito da melhoria no relacionamento sexual com suas parceiras após o consumo do medicamento, não há a superação de seus medos/temores de desempenho, do tédio na relação conjugal, ou da superação de episódios históricos que tenham causado o primeiro episódio de impotência. Viagra, Cialis e Levitra têm seus méritos, mas não podem ser entendidos como tratamento completo para a disfunção erétil. O presente artigo tem o objetivo de apresentar uma definição de disfunção erétil, apresentar suas causas e propor um tratamento para o problema que apresenta uma incidência considerável nos dias atuais.

Disfunção Erétil, Impotência: O que é?
Perder a ereção na hora “H” é o que define a disfunção erétil? Segundo Ballone (2003), a disfunção erétil (impotência) é a incapacidade de se obter ou manter uma ereção adequada para a prática da relação sexual. O autor salienta que tal disfunção não deve ser confundida com a falta ou diminuição no “apetite sexual”, nem com dificuldade em ejacular ou em atingir o orgasmo (Ballone, 2003). É importante ressaltar que, para o diagnóstico, deve-se observar a recorrência do problema e que se deve descartar o diagnóstico quando os episódios de impotência ocorrem após a utilização de substância psicoativa, como alguns antidepressivos ou álcool, que podem dificultar a ereção.

Alguns homens queixam-se da falta de ereção desde o início da relação sexual, no momento das preliminares ou jogos sexuais; outros perdem após a penetração. Pode-se experienciá-la diante de situações específicas (por exemplo, sexo com mulheres muito atraentes) e não experienciá-la em outras (mulheres pouco atraentes ou classe sócio-econômica inferior).

O homem com disfunção erétil costuma sentir ansiedade diante da proximidade da relação sexual, medo do fracasso, preocupações acerca do seu desempenho sexual e, até redução do sentimento de excitação e prazer sexual. A disfunção pode, ainda, perturbar o relacionamento afetivo-amoroso, trazendo desconfianças e desentendimentos, e conduzir ao rompimento da relação.

Diante do problema, é comum observar-se homens com verdadeiros rituais para verificarem se têm ereção. Alguns se engajam na compulsão pela masturbação para mostrarem para si mesmos que o problema não é tão grave. Pode haver, ainda, o questionamento sobre a heterossexualidade. Neste caso, por falta de informação, há a idéia errônea de que não ter ereção na presença de mulheres sugere que sejam homossexuais. Aí, muitos passam a buscar várias parceiras sexuais para se certificarem que o “problema” foi circunstancial.

A camisinha passa a ser evitada, pois o homem com disfunção erétil teme a perda total ou parcial da ereção no momento de colocá-la. Com isso, há uma probabilidade maior de contágio de DSTs – doenças sexualmente transmissíveis como AIDS.

Quais as causas da disfunção erétil?
Dados de um estudo internacional que contou com a participação da FIOCRUZ – Fundação Oswaldo Cruz, apontam que a prevalência de disfunção erétil completa ou moderada é de 34% no Japão, 22% na Malásia, 17% na Itália e 15% no Brasil. Avaliando os quatro países, essa prevalência é de 9% na faixa etária de 40 a 44 anos e sobe para 54% entre homens de 65 a 70 anos de idade.

Como muitos outros transtornos, a disfunção erétil pode ter como causa fatores biológicos, psicológicos e/ou sociais. Os fatores biológicos são neuropatia diabética, arterosclerose, cardiopatias, hipertensão e outras.

Quanto aos fatores psicológicos e sociais, pode-se destacar a ampla aprendizagem que a pessoa tem sobre sexo. Destaca-se a aprendizagem sobre o que o sexo representa na vida, a importância da relação sexual satisfatória, o comportamento governado por regras como “Homem que é homem não nega fogo!”, ou “Homem de verdade tem que comparecer!”. Some-se a isto experiências sexuais desagradáveis como aquelas em que a parceira desqualifica o desempenho sexual do homem. Uma vida orientada para a produção de resultados no contexto profissional pode ser contexto propício para a disfunção erétil. Executivos de empresas, indivíduos com cargo de chefia no setor privado, ou profissionais de quem seja exigido desempenho elevado e constante podem estar muito preocupados com o trabalho a ponto de não conseguirem relaxar e se concentrar na relação sexual, o que dificulta ou impossibilita a ereção.Tais homens podem ter um desempenho ainda pior diante dos momentos de instabilidade nos negócios.

Leia também: Big Size onde comprar

Qual o tratamento?
A disfunção erétil tem tratamento, podendo ser curada. Quando são descartadas as causas orgânicas, doenças e processo natural de envelhecimento, indica-se a psicoterapia comportamental como forma da pessoa buscar o entendimento do que produz a sua disfunção erétil, bem como enfrentar o problema em curto prazo e solucioná-lo. A psicoterapia pode ser individual ou de casal. O psicoterapeuta é o profissional indicado para definir a melhor estratégia de intervenção. Técnicas de terapia sexual podem ser ensinadas ao indivíduo ou casal, para que ele(s) as utilize(m) nos momentos de interação. A psicoterapia objetiva mudança em todos os níveis: comportamentos, pensamentos e emoções/ sentimentos. Isso quer dizer que não é funcional haver a recuperação da ereção, mas permanecer uma ansiedade constante e preocupação durante a relação sexual.

Diante do problema, algumas orientações podem ser úteis:
1- Busque o acompanhamento profissional psicológico ou médico para um diagnóstico preciso e para o tratamento adequado;

2- Não mantenha o “problema” sexual como foco! Diminua a cobrança para os resultados rápidos e explore outras atividades no seu relacionamento, tais como atividades culturais (cinema, teatro);

3- Embora a medicação possa ser indicada num determinado momento, ela não substitui uma relação sexual natural. Questione seu médico sobre a necessidade de manter a utilização do medicamento;

4- Aprenda a dizer “não” quando estiver cansado ou não estiver com desejo sexual. O homem tem o direito de negar sexo à sua parceira;

5- Diante da relação sexual, envolva-se ao máximo com a parceira, buscando preliminares e jogos sexuais que tragam prazer a você;

Sexo faz parte da vida, assim como o envolvimento emocional, o afeto, a cumplicidade, a desinibição no relacionamento a dois. Por isso, tão importante quanto manter a ereção numa relação sexual é mudar hábitos, pensamentos e sentimentos para buscar uma vida saudável na interação com sua parceira. Em Brasília-DF, conte com o Inpa – Instituto de Psicologia Aplicada para buscar tratamento para a disfunção erétil.

Ozonioterapia e a Impotência Sexual

Ozonioterapia e a Impotência Sexual

A impotência sexual possui diversas causas. Nos jovens, as disfunções eréteis mais comuns são decorrentes de problemas psicológicos associados aos tempos modernos. Para as pessoas com mais idade, a questão é mais delicada! Quando não estão relacionadas a fatores naturais, as dificuldades de ereção podem surgir de condições mais graves, como problemas circulatórios, em especial diabetes.

A mudança de hábitos recomendada aos pacientes não é o bastante para solucionar o problema de forma imediata e os medicamentos geralmente indicados podem provocar uma série de efeitos colaterais.

Você deve estar se perguntando o que fazer nesse caso?

A Ozonioterapia é um método seguro e muito eficiente contra dezenas de doenças e pode ajudar! Sua capacidade de melhorar a circulação sanguínea é um dos elementos que tornam o tratamento um dos melhores aliados contra a impotência sexual. Remédio para Impotência

Como a circulação pode afetar as ereções?

Os principais problemas circulatórios podem obstruir as artérias de pequeno calibre no organismo. A ocorrência de uma ereção depende que uma grande quantidade de sangue chegue ao pênis. Como as artérias penianas são de pequeno calibre, a ereção não ocorrerá por conta das obstruções, pois o sangue não conseguirá circular.

Uma série de patologias circulatórias podem ter como sintoma os problemas eréteis, mas a causa mais recorrente e de que os pacientes mais se queixam é a diabetes!

Conheça a ação do Ozônio Medicinal contra a impotência sexual!

Além das suas propriedades anti-inflamatórias, regeneradoras e anti-infecciosas, o ozônio também é um poderoso vasodilatador e antioxidante.

Graças a este grande poder de estimular a circulação sanguínea, a Ozonioterapia é indicada para o combate da impotência sexual causada pela diabetes e demais problemas de circulação.

Vale lembrar que as disfunções eréteis são irreversíveis quando chegam em estágios muito avançados. Por isso, é importante procurar tratamento o quanto antes.

Para prevenir o problema, é indicado o uso do Ozônio Medicinal. Com ele, o paciente diabético combate a impotência antes mesmo dos primeiros indícios!

Onde a Ozonioterapia é utilizada e como ter acesso ao tratamento?

A Ozonioterapia é amplamente conhecida em países como Alemanha, Itália, Ucrânia, Espanha, Cuba, Rússia, Áustria, Austrália e muitos outros. No Brasil, ainda são poucos os hospitais e clínicas que oferecem a terapia.

O Projeto de Lei Federal nº 227/2017 prevê a autorização dos tratamentos com Ozônio Medicinal em todo o território nacional e foi aprovado no Senado Federal em setembro de 2017. Agora a PL aguarda avaliação dos deputados e a sensação presidencial, com expectativa de resolução ainda em 2018.

Enquanto esta questão segue os trâmites legais e a Ozonioterapia ainda conquista seu espaço no sistema de saúde brasileiro, é possível usufruir dos seus benefícios conhecendo empresas como a Saúde com Ozônio, cuja expertise são os tratamentos com ozonioterapia.

Converse com o seu médico e continue acompanhando os avanços no tema.
Se você sofre com disfunções eréteis causadas por problemas circulatórios, converse com o seu endocrinologista ou urologista e procure um tratamento com ozônio.

Como o Dr. Coimbra bem observa em sua entrevista a respeito do tema, caso o seu médico não acredite na técnica, está na hora de procurar outro profissional!

Você já teve alguma experiência com Ozonioterapia? Compartilhe conosco nos comentários e continue acompanhando o blog Saúde com Ozônio.

Maca Peruana Funciona? Meu marido usou.

Maca Peruana Funciona? Meu marido usou.

Afinal, Maca Peruana funciona ou é só mais uma “viagra natural” no mercado? Se você chegou até aqui, provavelmente está em busca dessa resposta.

Pensando nisso, resolvi escrever esse artigo contando a nossa experiência (minha e do meu marido) com o Maca Peruana e espero poder te ajudar à tomar a melhor decisão.

Peço que deixe tudo que esta fazendo e dedique 5 minutos do seu tempo para ler esse artigo até o final, ok?

Mas antes de falar do produto, quero te contar um pouco da nossa história.

Eu e o Paulo, meu marido, nos casamos precocemente, ele com 21 anos e eu com 18. Sempre fomos aquele casal tarado por sexo e não tenho vergonha de falar isso, transávamos pelo menos uma vez por dia.

Porém, no último ano senti que aquele fogo todo não existia mais. Se você já passou dos 40, provavelmente sabe como é, o tesão não é mais o mesmo, todo aquele vigor vai diminuindo no decorrer do tempo.

Senti que precisava reviver meu relacionamento, afinal, estava caindo na rotina. Foi ai que, depois de muita pesquisa, conheci o Maca Peruana. Li uma reportagem falando sobre ele e fiquei muito interessada em testar o produto, adquiri logo 3 frascos.

Em 5 dias o produto estava na minha casa e eu e o Paulo começamos à tomar. Os resultados são incríveis! Na primeira noite me senti com 18 anos novamente, o Paulo estava insaciável, transamos 3 vezes durante a noite.

O melhor de tudo é que tanto eu, quanto ele podemos tomar o produto (sim, funciona para ambos os sexos), é natural e não causa nenhum efeito colateral. Ah e serve para os jovens também viu? Quer impressionar sua parceira(o)? Compre o Maca Peruana e seja feliz!

Como Maca Peruana funciona?
Composto por uma fórmula inovadora que reúne as melhores ervas medicinais, Maca Peruana é um poderoso suplemento afrodisíaco conhecido por aumentar o vigor e o apetite sexual de homens e mulheres.

Benefícios para os homens:
Estimulante sexual;
Aumento da fertilidade;
Ganho de energia;
Maior produção de esperma;
Produz testosterona;
Entre outros…
Benefícios para as mulheres:
Libido e desejo sexual;
Melhora o humor;
Melhora fadiga e indisposição;
Alivia os sintomas da TPM;
Alternativa de reposição hormonal;
Entre outros…
Quem já experimentou, recomenda!

Viu? A decisão é sua: Vai deixar o seu relacionamento cair na rotina? Vai ficar sofrendo com essa moleza até quando? A solução está ai, na frente dos seus olhos!

Maca Peruana como tomar?
Uma outra dúvida muito comum é: Como devo tomar o Maca Peruana? Recomenda-se que você faça uso de duas cápsulas diariamente, durante no mínimo 3 meses (3 frascos), para alcançar resultados definitivos.

Contra indicações
É contra indicado para gestantes, lactantes, crianças e pessoas enfermas ou que fazem uso contínuo de algum medicamento. Para estes casos, recomenda-se procurar seu médico antes de utilizar o produto.

Volto a repetir: Por se tratar de um produto 100% natural, Maca Peruana não possui efeitos colaterais. Se você não se encaixa no grupo de pessoas citado no parágrafo acima, pode tomar o suplemento sem medo.

Como comprar Maca Peruana?
Se você chegou até aqui, tenho certeza que esse artigo te ajudou em alguma coisa e fico muito feliz por isso. E acredite, suas noites de sexo nunca mais serão as mesmas!

Como forma de recompensa quero te dar um desconto exclusivo que consegui para os leitores(as) do meu blog.

Mas atenção, eu não sei até quando esse desconto estará disponível, afinal, é para um número limitado de compras. Portanto, aproveite enquanto ainda há tempo!

Para fazer seu pedido basta clicar no link abaixo, você será redirecionado para o site oficial do Maca Peruana com o desconto aplicado. Escolha seu kit e clique no botão “Compre Agora”, na próxima página basta preencher seus dados e selecionar a forma de pagamento.

Recomendo que faça sua compra com cartão de crédito, dessa forma seu pedido será despachado no mesmo dia e chegará em tempo recorde na sua casa. Além é claro de poder parcelar sua compra.

Sua parceira(o) irá te agradecer por isso. Ah! Depois não esquece de me mandar um e-mail contando a sua experiência, ta bom?

POWER BLUE– Fórmula, Composição, Ingredientes → Comprar

POWER BLUE– Fórmula, Composição, Ingredientes → Comprar

Muitas vezes eu escutei pessoas dizendo que a vida começa aos 40, e quando eu era mais jovem, lembro-me de pensar “Duvido que realmente comece!”, e hoje, com 44 anos, eu noto que o que começa são alguns probleminhas que antes não faziam parte de nossa vida. Power blue me livrou de boa parte deles.

Acompanhe a seguir a minha história e veja como você pode eliminar alguns dos seus problemas com Power BLue.

Power BLue funciona Mudou a Minha Vida!
Pelo menos para mim, o que realmente começou foi um problema de disfunção erétil que quase conseguiu acabar com o meu casamento, e se minha mulher não me amasse realmente, eu possivelmente a teria perdido.

Disfunção erétil e ejaculação precoce são dois problemas que acabam com a moral de qualquer homem, especialmente porque nós temos como um dos pontos mais importantes do sexo a nossa capacidade de satisfazer nossa parceira.

Como eu estava com problemas, recorri a todos os tipos de tratamentos, dos mais convencionais aos menos convencionais, e minha baixa autoestima já estava começando a preocupar minha esposa e minha família.

Foi então que descobri um produto que fazia muito sucesso, e que prometia recuperar minha virilidade e me proporcionar ereções duradouras sem a necessidade de tratamentos invasivos: Power Blue composição.

A Solução: Power BLue
Conhecer o Power Blue foi o ponto de virada em minha vida, afinal de contas, eu já estava desesperado por não conseguir vencer meu problema de disfunção erétil, e já não aguentava mais ver minha esposa insatisfeita por minha causa.

Comecei a tomar as capsulas com muita esperança, porém, com um pouco de desconfiança, já que eu havia passado por diversos tratamentos sem sucesso algum e sem qualquer tipo de melhora, então, por que estas capsulas do Power Blue funciona?

O curioso é que em poucos dias de uso, notei que meu desejo por minha mulher estava começando a retornar, e aos poucos, eu começava a sentir vontade de procurá-la para fazer sexo novamente.

Para minha surpresa, eu não estava apenas conseguindo novamente proporcionar prazer para minha esposa, como também estava sentindo o aumento de virilidade e do meu desejo sexual, com apetite e disposição que se justificavam pela presença de ereções duradouras. Eu estava de volta!

Power Blue
O Power Blue tem em sua composição, ingredientes totalmente naturais.

E foi isto que me deu mais confiança na hora de começar a utilizá-lo, sendo que o principal destes ingredientes é a Maca Peruana Premium, que é reconhecida por trazer benefícios para a saúde sexual de homens e mulheres.

Além disto, há ainda outros componentes naturais, que desobrigam o Power Blue de apresentar uma bula, já que não possui qualquer tipo de contraindicação ou de efeito colateral, como medicamentos, por exemplo.

Power Blue Funciona de Verdade
É importante demais, no entanto, que procuremos saber como funciona o Power Blue ingredientes em nosso organismo, pois isto irá explicar melhor como ele consegue nos trazer de volta a disposição para ter ereções duradouras.

Dentre os benefícios que duas capsulas por dia de Power BLue proporcionam para nós, homens com mais de 40 anos, são os seguintes:

Combate a disfunção erétil
Estimula a libido e o desejo sexual;
Aumenta a produção de espermatozoides, aumentando a fertilidade;
Aumenta a produção de esperma;
Diminui a fadiga;
Melhora o desempenho sexual;
Aumenta as ereções;
Estimula a produção de testosterona.
Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!
QUERO TER MINHA VIDA SEXUAL DE VOLTA!

Vale a pena comprar o Power Blue?
Se você também está se fazendo esta pergunta, saiba que a resposta é um sonoro sim, pois o Power Blue funciona e apresenta resultados rápidos, devolvendo a virilidade e proporcionando ereções duradouras, trazendo de volta a felicidade e a autoestima.

O mais importante é que o Power Blue não é uma solução momentânea, é um tratamento que irá acabar com os problemas de disfunção erétil de uma vez por todas, você não precisará tomar remédio toda vez que quiser ter uma relação sexual e nem prejudicará sua saúde.

Comigo, o Power Blue fórmula funcionou muito bem e com milhares de homens que já fazem seu uso, mais para frente, vou mostrar alguns depoimentos que pesquisei na internet e que me ajudaram a ter certeza que comprar Power Blue, foi um dos melhores investimentos que já fiz na vida!

Satisfação Garantida ou Seu Dinheiro de Volta!
QUERO TER MINHA VIDA SEXUAL DE VOLTA!

Power BLue Reclame Aqui
Uma boa forma de observar como anda a reputação e a fama do produto junto ao mercado é fazendo uma rápida pesquisa sobre o Power Blue Reclame Aqui. Com certeza você verá que praticamente não há reclamações.

Isto se explica pela qualidade e pela confiabilidade transmitidas pelo Power BLue para o mercado, fazendo dele um dos melhores e mais eficientes produtos contra disfunção erétil da atualidade.

Preço do Power Blue

Ambas opções são excelentes, e ainda há a opção de parcelar em até 10 vezes, lembrando que tudo será feito dentro da plataforma de compra Monetizze, que é uma das mais seguras e confiáveis da internet.

Power BLue Comprar
Como comprar? Para comprar Power BLue e fazer como eu, será necessário apenas acessar o site oficial do produto e escolher a melhor opção.

Passo 1: O primeiro passo é acessar o site oficial do fabricante:[LINK OFICIAL POWER BLUE]

Passo 2: Escolha a quantidade de potes desejada, informe seus dados, escolha a forma de pagamento e finalize sua compra.

ATENÇÃO: Na compra do Power Blue composição opte por pagar com cartão de crédito ou por boleto bancário, e tenha a garantia de que, caso você fique insatisfeito, você terá o reembolso de seu dinheiro. Mas é evidente que isto dificilmente irá acontecer! Eu garanto!