Como a ansiedade afeta a sexualidade

A relação sexual é um momento de prazer e relaxamento. Mas o estresse e a ansiedade podem estragar esse sentimento e substituí-lo por um desconforto difícil de superar. Descubra todas as formas pelas quais os transtornos de ansiedade influenciam sua vida sexual.

Qualquer forma de ansiedade é uma distração que limita o bem-estar sexual. Se sua sensação de ansiedade é temporária ou se você tem uma condição crônica, como um transtorno de ansiedade generalizada , dificulta a comunicação com o parceiro e a diversão na hora de dormir .

Sentimentos de ansiedade podem diminuir sua libido de várias maneiras. O pânico e a preocupação afetam a mente e o corpo, aumentando a produção de hormônios do estresse, como a adrenalina. Medicamentos usados ​​para tratar a ansiedade também têm efeitos colaterais. Aprenda a reconhecer as consequências da ansiedade em sua vida sexual para encontrar soluções, incluindo a ajuda de um terapeuta.

Se você precisa de alguma ajuda na sua vida sexual conheça o Gandrox XL.

O desconforto

Despir-se na frente de alguém pela primeira vez é assustador para todos. Mas quando a ansiedade chega ao quarto, o sentimento de constrangimento aumenta ainda mais, assim como o risco de ser obcecado com o que são considerados defeitos físicos. A ansiedade acentua a autoconsciência, assim como a vergonha geral do corpo ou das partes, lembra o site da Saúde.

Intimidade

Quando o medo e o pânico o incomodam, talvez você não queira se aproximar fisicamente ou emocionalmente de seu parceiro . Para mulheres que experimentam ansiedade como resultado de traumas relacionados a gênero, a intimidade pode se tornar ainda mais assustadora. O corpo pode entrar em modo de parada e tornar-se incapaz de sentir excitação suficiente para ter um relacionamento. Sem perceber, você pode evitar sexo ou preliminares , o que pode criar tensão no casal.

Comunicação

Muitas vezes é difícil, mesmo para parceiros próximos, compartilhar seus desejos e fantasias . A ansiedade pode, portanto, agravar essa situação. Mas abrir-se para o seu parceiro e expressar honestamente suas preferências de vida sexual é um alívio real. É difícil lidar com isso, no entanto, quando a adrenalina está fluindo e lhe dá uma impressão de perigo constante.

Orgasmo

Músculos tensos, respiração superficial, arrepios e muitos outros sintomas relacionados à ansiedade impedem que você desapareça e alcance o orgasmo . A causa é uma diminuição na lubrificação, dor ou mesmo vaginismo , e uma tensão geral que impede que os músculos vaginais relaxem . Esses problemas, associados a pensamentos ansiosos, podem interromper a estimulação sexual e inibir o orgasmo.

Mas todos estes motivos podem ser  descartados com uma boa conversa com o parceiro e quando o sexo não tem todo o peso que a sociedade nos diz então o melhor é deixar todo o julgamento de lado e só encarar ocomo duas pessoas que se amam e que querem levar o relacionamento para o próximo nível.

O que nos dias de hoje é muito difícil, e caso você passe por alguma situação parecida consulte seu médico de confiança para que assim você possa ter a decisão mais segura para você em todos os sentidos da vida.

Aqui vai se encerrando mais um por do site, beijos e se cuidem.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *